Siga nossa Redes
xvideos4.pro julia jerez de garcia salinas.
ngentot pagkantot sa magandang kapitbahay.
www.hotdesimovs.com blowjobs and pussy play.

Esportes

Time titular do Grêmio tem cotação de mercado mais alta. Flamengo investe o dobro em 2018; compare

Publicado

em

Time titular do Grêmio tem cotação de mercado mais alta. Flamengo investe o dobro em 2018; compare

Tricolor é avaliado em R$ 231 milhões, enquanto Rubro-Negro, sem contar Vitinho (no banco), tem custo estimado em R$ 190 milhões. Equipes disputam quartas da Copa do Brasil nesta quarta, às 21h45, na Arena

Grêmio e Flamengo iniciam a disputa das quartas de final da Copa do Brasil na noite desta quarta-feira, na Arena. Em campo, farão duelo duro a partir das 21h45. Fora dos gramados, os dois têm semelhanças e diferenças em meio a boas relações nos gabinetes.

As administrações de Romildo Bolzan Júnior e Eduardo Bandeira de Mello se parecem ao bater na tecla da reestruturação financeira. Os dois times titulares que começam a partida de logo mais apresentam valores semelhantes de cotação de mercado. O Rubro-Negro, com um dos maiores orçamentos do país, gastou mais para montar o seu. O investimento carioca é praticamente o dobro do gremista em aquisição de jogadores neste ano.

Baseado nas classificações do site “Transfermarkt.com”, os 11 jogadores gremistas estão avaliados em 52,75 milhões de euros (R$ 231,8 milhões). Já o time titular flamenguista está precificado em 43,3 milhões de euros (R$ 190,2 milhões).

Dois jovens das respectivas categorias de base lideram o “ranking” dos valores. Luan, do Grêmio, vale 20 milhões de euros conforme o site, ou R$ 87,8 milhões, enquanto o rubro-negro Lucas Paquetá tem seus direitos estimados em 15 milhões de euros (R$ 65,9 milhões).

Apesar de ter maior valor de mercado, o time gremista, montado aos poucos desde 2013, custou menos aos cofres. O jogador mais caro entre os prováveis titulares é o centroavante André, comprado neste ano por R$ 10 milhões do Sport. Maicon vem logo atrás, buscado por R$ 8 milhões em 2015 no São Paulo. Diversos jogadores, como Léo Moura, Cortez e Cícero, chegaram após rescindir contratos com suas equipes.

Everton Ribeiro, no lado flamenguista, é o maior investimento feito. Comprado no meio do ano passado, custou R$ 22 milhões à época. Mais atrás vem o colombiano Cuéllar, responsável por dar sustentação e qualidade técnica na saída de bola no meio de campo, comprado no início de 2016 por cerca de R$ 8 milhões.

Mercado de 2018

O Flamengo acabou de fazer a contratação mais cara da sua história, o que dá a dimensão do momento financeiro pelo qual passa. Insistiu na compra de Vitinho e pagará 10 milhões de euros (R$ 44 milhões) ao CSKA, da Rússia, pelo atacante.

O movimento inverte a lógica do mercado brasileiro em termos de investimento, com as finanças do clube fortalecidas pela boa gestão financeira e também pelos milhões pagos pelo Real Madrid no atacante Vinicius Jr. Antes, em janeiro, o Flamengo comprou o centroavante Henrique Dourado por R$ 15,7 milhões do Fluminense (R$ 11 milhões na parte referente ao Tricolor).

Em 2018, de acordo com o diretor financeiro Marcio Garotti, vai pagar R$ 56 milhões nas contratações, entre direitos econômicos e luvas. O clube ainda deve pagar mais de R$ 10 milhões ao San Lorenzo por Piris da Motta. A negociação está próxima de um final feliz para o Rubro-Negro.

 Vitinho é maior contratação da história do Flamengo (Foto: André Durão/GloboEsporte.com)

Vitinho é maior contratação da história do Flamengo (Foto: André Durão/GloboEsporte.com)

O Grêmio, a partir da reestruturação comandada por Romildo Bolzan, conseguiu um respiro para comprar dois jogadores, especialmente. Comprou André por R$ 10 milhões e, mais recentemente, o meia-atacante Marinho por R$ 9 milhões junto ao Changchun Yatai, da China. As dívidas do clube ainda não estão totalmente sanadas, mas as condições melhoraram com a venda do volante Arthur ao Barcelona por 31 milhões de euros (R$ 136 milhões).

A maioria dos negócios para a montagem do elenco atual foram a baixos custos. No total, foram investidos R$ 25 milhões em atletas, entre a compra do volante Michel, a chegada de Thaciano do Boa Esporte e a contratação do lateral-direito Madson e do zagueiro Paulo Miranda.

mais lidas