Destaque Principal Política

Senador Major Olímpio e governador João Doria voltam a trocar farpas

Redação
Escrito por Redação

Major Olímpio acusa governador Doria de ser oportunista e tucano responde que “desconhece o que o senador fez em 16 meses de mandato”

Major Olímpio (PSL-SP) e o governador de São Paulo João Doria (PSDB) voltaram a trocar farpas nesta quinta-feira (9). Major Olímpio afirmou pela manhã que Doria estaria se aproveitando da crise gerada pelo novo coronavírus (Sars-Cov-2) para ganhar destaque. “O João Doria, em São Paulo, é um símbolo desse oportunismo. Ele fala demais e realiza de menos”, disse.

O senador acredita que Doria investe 90% em publicidade e apenas 10% para realizar medidas, mas defende que “onde não há oportunismo , nesse momento, é no Congresso Nacional”. O governador então respondeu, por meio de nota da sua assessoria de imprensa, que assessoria de imprensa, que “desconhece o que o senador fez em 16 meses de mandato”.

“O governador está focado no combate da pandemia, minimizando os impactos e ajudando os brasileiros de São Paulo a enfrentar esse período. Enquanto isso, o senador se preocupa em fazer política mesmo diante de 428 mortos no Estado”, afirma a nota.

Em 16 de março deste ano os dois já haviam tido conflitos, a ponto dos seguranças de Doria precisarem afastar Olímpio. O senador havia organizado um protesto contra o governador em um evento que Doria estava organizando de segurança pública.

Neste dia, Major Olímpio afirmou que o tucano passou “pisando duro” e disse que ele o acusou de não ter compostura. Doria teria dito, segundo o parlamentar do PSL, que aquela não era uma atitude de senador. Major Olímpio, por sua vez, chamou o governador de vagabundo aos gritos e o acusou de agir como moleque.

 

iG

Sobre o autor

Redação

Redação

%d blogueiros gostam disto: