Siga nossa Redes
xvideos4.pro julia jerez de garcia salinas.
ngentot pagkantot sa magandang kapitbahay.
www.hotdesimovs.com blowjobs and pussy play.

Política

‘Se desistir de ser candidato, paciência’, diz presidente do PL sobre saída de Tiririca da eleição após perder número para Eduardo Bolsonaro

Publicado

em

Governo enviou 300 servidores para ajudar em buscas no Amazonas

Após três eleições seguidas figurando entre os mais votados de SP, Tiririca perdeu o número de urna para o filho do presidente da República.

O presidente nacional do Partido Liberal (PL), Valdemar Costa Neto, se manifestou oficialmente sobre a desistência do deputado federal Tiririca da eleição deste ano, após a legenda transferir o número de urna do humorista para Eduardo Bolsonaro, filho do presidente da República.

Por meio da assessoria do partido, Costa Neto lamentou a decisão do humorista de não se candidatar no pleito deste ano, mas não demonstrou intenção de demover o palhaço cearense da decisão.

“O Tiririca é muito importante para o PL, mas, se ele desistir de ser candidato, paciência”, declarou por meio da assessoria do partido.

 

Segundo o PL, a decisão de transferir o número usado por Tiririca por três eleições seguidas foi tomada por unanimidade pela Executiva Nacional da legenda em reunião realizada há cerca de 15 dias.

Disputa pelo número

 

Os deputados federais por São Paulo Tirirca e Eduardo Bolsonaro, do PL. — Foto: Montagem g1/Alexandra Martins/Câmara dos Deputados e Adriano Machado/Reuters

Os deputados federais por São Paulo Tirirca e Eduardo Bolsonaro, do PL. — Foto: Montagem g1/Alexandra Martins/Câmara dos Deputados e Adriano Machado/Reuters

Nas últimas três eleição Tiririca foi o maior cabo eleitoral da legenda no estado de São Paulo, figurando entre os deputados federais mais votados e ajudando a eleger outros nomes menos expressivos da sigla.

Em entrevista ao g1 nesta terça (24), o humorista disse se sentir traído por Valdemar Costa Neto e pelos membros do PL, por terem retirado o número de urna dele depois que a janela partidária já tinha fechado.

“Foi uma covardia o que fizeram. Estou muito chateado e me sinto desrespeitado. Já decidi que não sairei candidato neste ano”, afirmou.

“Achei um gesto desrespeitoso. Por três anos seguidos o número foi meu e conquistei votações expressivas, elegendo vários membros do partido junto comigo. Fiquei sabendo por terceiros que o número foi dado ao filho do Bolsonaro, e eles até agora não me procuraram para dar uma justificativa”, declarou Tiririca.

 Tiririca em campanha na TV  — Foto: Reprodução

Tiririca em campanha na TV — Foto: Reprodução

 


.

.

.

.

.

.

.

.

G1

mais lidas