Siga nossa Redes
xvideos4.pro julia jerez de garcia salinas.
ngentot pagkantot sa magandang kapitbahay.
www.hotdesimovs.com blowjobs and pussy play.

Sem categoria

Polícia tenta identificar donos de celulares localizados com motorista embriagada em Itu

Publicado

em

Polícia tenta identificar donos de celulares localizados com motorista embriagada em Itu

Mulher foi abordada na rodovia Castello Branco após acidente. Policiais acharam 47 celulares, dólares e euros escondidos no veículo.

A Polícia Civil de Itu (SP) fez uma ação na tarde desta segunda-feira (23) para identificar os proprietários e catalogar os 47 aparelhos de celulares localizados com uma mulher suspeita de furtá-los em eventos realizados no fim de semana na Capital.

Segundo o delegado José Moreira Barbosa Neto, Gilvana Carneiro dos Santos, de 30 anos, foi detida pela Polícia Rodoviária por embriaguez ao volante na rodovia Castello Branco após uma colisão leve com outro veículo no quilômetro 69,8 da rodovia, sentido Sorocaba, na tarde de domingo (22).

Os policiais fizeram teste do bafômetro na motorista do carro e o exame constatou 0,48 miligrama de álcool por litro de ar expelido.

Durante revista no veículo foi localizado um compartimento em uma mala com os 47 telefones celulares usados, quatro bolsas, quatro carteiras, um relógio, uma gargantilha, 106 dólares, 30 euros e R$ 36.

Os objetos foram encaminhados à delegacia da cidade e as vítimas serão comunicadas pela polícia. “Colocamos uma funcionária para cadastrar os celulares através de IMEI – código de identidade do celular – para desenvolver o trabalho de localizar os donos. Algumas pessoas já ligaram e outros possuem queixas de furto e roubo, o que torna mais fácil de devolver”, diz o delegado.

A polícia trabalha com a hipótese de que os produtos tenham sido furtados de uma boate em São Paulo após um dos celulares ter tocado e a vítima – dona do aparelho – afirmado que tinha sido furtada no bairro Água Branca.

A motorista não explicou a origem dos aparelhos na delegacia, acompanhada da advogada de defesa. A suspeita, que é moradora de Iperó (SP), já tem passagem por furto.

mais lidas