Destaque Principal Política

PARTIDO PERSEGUE DEPUTADO QUE PEDIU IMPEACHMENT DE DORIA

Legenda da foto : Cândido Vacarezza / João Doria
Redação
Escrito por Redação


Direção estadual do Partido AVANTE aplicou severas punições contra o Deputado Estadual Sargento Neri em virtude dele ter votado contra a antecipação do feriado de “9 de Julho”.

São Paulo – A Comissão Executiva estadual de SP do Partido Avante encerrou um procedimento interno que apurou o fato do Deputado Estadual Sargento Neri ter votado contra a antecipação do feriado de “9 de Julho”, projeto que foi enviado pelo Governador João Doria para a Assembleia Legislativa de SP, pedindo, entre outros itens, a sua suspensão das atividades partidárias na ALESP.

O jornal teve acesso a essa informação através do processo que tramita no TRE, onde o Deputado pede seu desligamento do Avante. Neste mesmo documento, o partido ainda informa que abrirá dois outros processos internos, um para apurar a suposta “invasão” ao Hospital de Campanha do Anhembi e outro para apurar a participação do Deputado Sargento Neri no pedido de Impeachment do Governador João Doria. Segundo os autos processuais o Deputado vem sofrendo pressão do partido a tempos.

Estranhamente, o Partido Avante, que fez campanha contra Doria nas eleições de 2018 apoiando Márcio França para o cargo, decidiu, após a campanha, mudar de posição, constou em em ata, no intuito de pressionar o deputado para que o mesmo fosse base do governo, fato que se deu uma semana depois de um de seus mais proeminentes quadros, Cândido Vaccarezza (aquele mesmo da Lava-Jato e do PT), ser nomeado em um cargo de direção de um Hospital pelo Prefeito Bruno Covas em 17 de fevereiro de 2020.

Fatos estes que, segundo Neri, vem sendo contra o seu agrado, por entender que o governo vem fazendo uma má gestão na segurança pública e entre outras pastas.

O sargento ainda alega que fez algumas votações que vão contra seus ideais como, obrigado, por medo de ser ainda mais perseguido. Nos autos é citado como exemplo o projeto da previdência de SP, do qual ele era contrario e foi obrigado a votar a favor.

Procurado pela reportagem o Sargento Neri e sua assessoria nao foram localizados até o fechamento desta matéria.

Sobre o autor

Redação

Redação

%d blogueiros gostam disto: