Diário de São Paulo
Siga-nos

Polícia procura suspeito de matar aves com bolinhas de gude em zoo

A Polícia Civil tenta identificar o homem que matou três aves e deixou outras três feridas nesta quinta-feira (12), no Bosque Municipal de São José do Rio

Polícia procura suspeito de matar aves com bolinhas de gude em zoo
Polícia procura suspeito de matar aves com bolinhas de gude em zoo

Redação Publicado em 13/01/2017, às 00h00 - Atualizado às 12h24


Três pássaros foram mortos e três ficaram feridos em Rio Preto (SP).
Segundo prefeitura, suspeito é um homem de 50 anos.

A Polícia Civil tenta identificar o homem que matou três aves e deixou outras três feridas nesta quinta-feira (12), no Bosque Municipal de São José do Rio Preto (SP). Ele utilizou um estilingue e bolinhas de gude e chumbinhos de pesca para atacar os animais.

As três aves que sobreviveram estão em estado grave e devem passar por cirurgia em um hospital veterinário da cidade. O zoológico já registrou boletim de ocorrência e a Guarda Civil Municipal estará nesta sexta-feira (13) no local para dar o apoio necessário.

Segundo Kátia Penteado, Secretária Municipal do Meio Ambiente de Rio Preto e responsável pela administração do Bosque, situações como esta nunca aconteceram antes no local. “Como os próprios tratadores e vigias dizem, há mais de 15 anos eles estão no local e esse episódio nunca aconteceu antes. Algumas coisas estranhas vêm acontecendo nestas últimas semanas”, afirma a secretária.
    Urubu rei teve uma perna quebrada (Foto: Reprodução/ TV TEM)

    Urubu rei teve uma perna quebrada (Foto: Reprodução/ TV TEM)

    Ainda de acordo com Kátia, o local deve tomar algumas medidas de segurança, como a implantação de câmeras, catracas e o controle intenso das visitações. O suspeito é um homem de 50 anos de cabelos grisalhos que foi visto fugindo do Bosque Municipal.

    O caso
    Funcionários do Bosque avistaram um suspeito rondando o local e registraram um boletim de ocorrência nesta quinta-feira. As três aves encontradas mortas são dois jacus e um aracuã. Além deles, um urubu rei, um faisão e um urumutum tiveram fraturas expostas nas pernas e nas asas. No local foram encontrados chumbos de pesca e bolas de gude, provavelmente usados como arma para ferir as aves. O material foi recolhido e será periciado.

      Compartilhe  

      últimas notícias