Diário de São Paulo
Siga-nos
Fenômeno Natural

EUA: raio cai próximo à Casa Branca e atinge 4 pessoas; saiba estado das vítimas

A tempestade também provocou graves estragos na capital do país

Testemunhas registaram momento em que raio cai próximo da Casa Branca - Imagem: Reprodução/Twitter @MaryMargOlohan
Testemunhas registaram momento em que raio cai próximo da Casa Branca - Imagem: Reprodução/Twitter @MaryMargOlohan

Publicado em 05/08/2022, às 18h00 Mateus Omena


Quatro pessoas estão hospitalizadas em estado grave após um raio cair no parque Lafayette Square, próximo à Casa Branca, em Washington (EUA), na noite de quinta-feira (4).

De acordo com o jornal norte-americano The Washington Post, dois homens e duas mulheres foram encontrados feridos a cerca de 30 metros da estátua de Andrew Jackson.

A cena da descarga elétrica atingindo a sede do governo norte-americano foi gravada por testemunhas e compartilhada nas redes sociais. 

Vito Maggiolo, porta-voz do Corpo de Bombeiros, afirmou que o incidente ocorreu após uma tempestade e que as vítimas tinham se abrigado embaixo de uma árvore.

O Serviço Secreto e a polícia local prestaram primeiros socorros aos atingidos, que sobreviveram ao impacto inicial. "As árvores não são lugares seguros. Procurar abrigo debaixo de um lugar assim é muito perigoso para se estar".

Chris Vagasky, analista da Vaisala, empresa de medição ambiental, afirmou que um raio perto da Casa Branca quase atingiu o nível do chão.

Uma testemunha descreveu o impacto como "maciço". "Agitou toda a área, foi, literalmente, como se uma bomba tivesse explodido", disse um morador não identificado à emissora CNN.

O Serviço Nacional de Meteorologia fez um alerta para a tempestade, que teve início no fim da tarde desta quinta-feira (4) e também chamou atenção para a possibilidade de rajadas de vento e granizos.

A tempestade de quinta-feira (4) também provocou estragos graves na capital dos EUA e outras cidades próximas, com a derrubada de árvores em Winchester, Columbia e Baltimore. Além disso, o Aeroporto Nacional Ronald Reagan registrou ventanias de até 93 km/h na região.

O The Washington Post também informou que um raio mata pelo menos 20 pessoas nos Estados Unidos por ano e tempestades do tipo já resultaram em nove mortes em 2022.

Compartilhe