Diário de São Paulo
Siga-nos

UFC: Mayra Sheetara projeta luta do ano contra Fiorot: “Vai ser divertido de assistir”

Mayra Sheetara enfrentará Manon Fiorot no card principal do UFC deste sábado, em Las Vegas. O confronto, válido pelo peso-mosca, deveria ter acontecido no UFC

UFC: Mayra Sheetara projeta luta do ano contra Fiorot: “Vai ser divertido de assistir”
UFC: Mayra Sheetara projeta luta do ano contra Fiorot: “Vai ser divertido de assistir”

Publicado em 16/10/2021, às 00h00 - Atualizado às 11h30 Redação


Brasileira lutará neste sábado no card principal do UFC e diz que o casamento de estilos com sua adversária promete disputa empolgante

Mayra Sheetara enfrentará Manon Fiorot no card principal do UFC deste sábado, em Las Vegas. O confronto, válido pelo peso-mosca, deveria ter acontecido no UFC 266, no último dia 25, mas a lutadora francesa e sua equipe testaram positivo para a covid-19 e a disputa acabou adiada.

Em entrevista ao Combate, a brasileira contou como foi a preparação para lutar três semanas depois do previsto.

– A parte mais difícil foi a perda de peso, porque eu não gosto muito de fazer sauna. Na sauna eu perco muito pouco peso, e eu soube na quarta-feira da semana da luta que eu não ia lutar, e eu já estava praticamente no peso. Descer o peso duas vezes é complicado, mas tudo bem, deu tudo certo. E o UFC foi sensacional comigo. Eles foram impecáveis. Me deram todo o suporte, tudo que eu precisava para ficar aqui em Las Vegas e não ir embora. Eu usei as dependências do PI (Instituto de Performance do UFC), foi uma experiência incrível. Gostei muito do que eles fizeram por mim.

Mayra Sheetara fará a segunda luta do card principal deste sábado — Foto: Marcos Ribolli

Mayra Sheetara fará a segunda luta do card principal deste sábado — Foto: Marcos Ribolli

Além de lidar com todo o processo de cuidar do peso, Sheetara teve ainda que se virar para manter o ritmo ideal com poucos parceiros de treinos.

– O sparring foi um problema também, porque meu treinador de jiu-jítsu foi meu sparring, só que ele tem 85kg, além da Glorinha (de Paula), mas ela estava com o pé um pouco machucado. Foi complicado, mas a gente se vira. Estamos aqui pra lutar, e antes de ser lutador a gente é vencedor. Eu estou muito bem preparada. A gente estava pronto para o UFC 266, mas fui me adaptando, descansando e consegui chegar. Tenho certeza que vou dar um grande show nesse sábado.

Adversária deste sábado, Manon Fiorot tem seis de suas sete vitórias por nocaute. Por conta deste retrospecto, a brasileira aposta que pode brigar pelo prêmio de luta da noite.

– Ela é divertida. Ela está nocauteando todo mundo. Acho que vai ser a luta mais divertida da minha carreira. Eu gosto do estilo agressivo dela, porque vai casar bem com o meu estilo. Ninguém vai arredar o pé, vai ser aquela briga de touro, e aí vai ser uma luta divertida de assistir.

– Eu saio de casa pra buscar um dos quatro bônus que o Dana White dá. Não aceito menos do que isso. Então, se ela for com o mesmo espírito que eu, vamos fazer nem a melhor luta da noite, vai ser a melhor luta do ano. Estou empolgada. Lógico que todo mundo quer ganhar, ninguém quer perder, mas me importo muito com a performance, em dar show, me divertir lá dentro, do que qualquer coisa. E estou muito empolgada com isso.

Manon Fiorot tem seis vitórias por nocaute na carreira — Foto: Getty Images

Manon Fiorot tem seis vitórias por nocaute na carreira — Foto: Getty Images

Nos últimos meses, Sheetara fez uma mudança importante em seus treinamentos, saindo de São Paulo para treinar em Campinas, melhorando suas condições de treinos, segundo ela.

– Eu não troquei de equipe. Eu dividia meus treinos entre a Fabiana Belai e o Diego Lima, mas recentemente ficou pesado. Eu já treinava com a Fabi faz tempo, e ela tinha que vir até mim, mas ficava pesado pra todo mundo. Então decidi ir pro interior, ficar lá, que já era a minha casa. Ela já era a minha head coach há um bom tempo. Mas como eu digo, eu saí da Chute Boxe, mas a Chute Boxe não saiu de mim. Foi lá que eu aprendi a dar meu primeiro soco e meu primeiro chute, e sou muito grata a eles. Meus melhores amigos ficaram lá. Eu não estou virando essa página, mas é que na Fabiana Belai realmente pra mim hoje é o melhor caminho.

Revelada na edição brasileira do Contender Series, a lutadora conta que tem acompanhado de perto os talentos revelados no evento que Dana White produz toda terça-feira.

– O Contender abre muito as portas para os lutadores. Nesse período que estou aqui em Vegas tenho ido acompanhar os eventos, e realmente é uma grande oportunidade. Não tem como trabalhar no Brasil, não está tendo eventos, e o evento aqui está muito bom. Tem muitos brasileiros, está muito legal e estou acompanhando toda semana.

Serviço do UFC Ladd x Dumont

Combate transmite o “UFC Ladd x Dumont” ao vivo e na íntegra com exclusividade neste sábado, a partir de 17h20 (horário de Brasília) com o “Aquecimento Combate“. O Combate.com e o SporTV3 exibem as duas primeiras lutas ao vivo, e o site acompanha o evento em Tempo Real.

UFC Ladd x Dumont
16 de outubro de 2021, em Las Vegas (EUA)
CARD PRINCIPAL (20h, horário de Brasília):
Peso-pena: Aspen Ladd x Norma Dumont
Peso-pesado: Andrei Arlovski x Carlos Boi
Peso-leve: Jim Miller x Erick Gonzalez
Peso-mosca: Manon Fiorot x Mayra Sheetara
Peso-pena: Nate Landwehr x Ludovit Klein
CARD PRELIMNAR (17h35, horário de Brasília):
Peso-médio: Andrew Sanchez x Bruno Blindado
Peso-meio-médio: Danny Roberts x Ramazan Emeev
Peso-mosca: Luana Dread x Lupina Godinez
Peso-galo: Danaa Batgerel x Brandon Davis
Peso-palha: Istela Nunes x Ariane Sorriso

.
.
.
Globo Esporte
Compartilhe