Siga nossa Redes
xvideos4.pro julia jerez de garcia salinas.
ngentot pagkantot sa magandang kapitbahay.
www.hotdesimovs.com blowjobs and pussy play.

Sem categoria

Ministro da Defesa encerra visita ao Nordeste

Publicado

em

Ministro da Defesa encerra visita ao Nordeste

Forças Armadas estão à disposição no combate à covid-19, diz ministro

O ministro da Justiça, Fernando Azevedo e Silva, encerrou hoje (17), em Salvador (BA), a visita oficial feita à Região Nordeste. Ele foi conhecer, de perto, três dos dez centros de comando conjunto que o ministério criou na segunda quinzena de março para coordenar e planejar o emprego de militares das três Forças (Exército, Marinha e Força Aérea) no combate ao novo coronavírus.Ministro da Defesa encerra visita ao Nordeste

Ontem (16), o ministro já tinha visitado os comandos instalados em Natal (RN) e no Recife (PE). O comando instalado na capital potiguar é responsável por avaliar a viabilidade no atendimento de demandas de apoio feitas por órgãos estaduais e municipais de todo o Rio Grande do Norte e da Paraíba. Já o chamado Comando Conjunto Nordeste responde pelos pedidos de Alagoas, Ceará, Pernambuco, Piauí e Sergipe, enquanto o comando instalado na Bahia responde por requisições de qualquer parte do estado.

Hoje, na capital baiana, Silva se reuniu, separadamente, com o governador Rui Costa e com o prefeito, Antônio Carlos Magalhães Neto. Costa recebeu o ministro na governadoria, no Centro Administrativo da Bahia. De acordo com a assessoria do Ministério da Defesa, Silva garantiu ao governador que as Forças Armadas continuarão trabalhando de forma conjunta para mitigar os efeitos da pandemia. Até ontem (16), a Bahia registrava um total de 39.206 casos da covid-19 e 1.181 mortos pelo novo coronavírus.

Na sequência, o ministro se reuniu com ACM Neto no Palácio Thomé de Souza, sede do Poder Executivo municipal. Em nota, a prefeitura informou que a conversa girou em torno das ações de enfrentamento à covid-19 que o município vem realizando com apoio das Forças Armadas. O prefeito também aproveitou a ocasião para pedir que o apoio militar, principalmente em termos logísticos, se estenda pelo tempo necessário até a superação da doença.

Participaram das duas reuniões os comandantes regionais do Exército, general João Leonel Filho; da Força Aérea, coronel Ivan Karpischin; e da Marinha, vice-almirante André Luiz Silva Lima.

Após visitar o Comando do 2º Distrito Naval e a Fundação de Hematologia e Hemoterapia da Bahia (Hemoba), o ministro conversou com jornalistas, aos quais explicou a razão de sua presença na região. “Fecho, hoje, uma visita para prestigiar nossos militares, que estão ajudando no combate à covid-19”, declarou o ministro, alegando que a visita às instalações militares foi marcada por sentimentos antagônicos.

“Satisfação por ver todos empenhados [no enfrentamento ao novo coronavírus], mas triste por esta pandemia pela qual passa o Brasil e o mundo”, disse o ministro, detalhando que cerca de 30 mil militares, além de viaturas e aeronaves militares, estão a serviço de estados e municípios para ajudar a mitigar a grave crise sanitária que, até a tarde de ontem, já tinha matado ao menos 45.241 pessoas em todo o país.

Ontem, ao fim de sua rápida passagem pelo Recife, o ministro foi perguntado sobre o papel dos militares em um momento conturbado da vida política. “As Forças Armadas não tem viés político nenhum. Nosso pessoal da ativa está voltado para estas missões e atribuições, para nossas operações e para o nosso trabalho do dia a dia – apesar da covid-19. As Forças Armadas estão isentas da política”, assegurou Silva em resposta depois compartilhada nas redes sociais oficiais.

 

 

 

Agência Brasil

mais lidas