Siga nossa Redes
xvideos4.pro julia jerez de garcia salinas.
ngentot pagkantot sa magandang kapitbahay.
www.hotdesimovs.com blowjobs and pussy play.

Esportes

Ignorado na Rio 2016, Zico toma vacina e já tem data para carregar tocha olímpica de Tóquio 2020

Publicado

em

Ignorado na Rio 2016, Zico toma vacina e já tem data para carregar tocha olímpica de Tóquio 2020

Atual dirigente do Kashima vai percorrer 200 metros próximo do estádio do clube japonês, no dia 4 de julho. Ele e mais cinco atletas olímpicos do time vão participar da cerimônia

Ídolo do Flamengo e do futebol japonês, Zico se prepara para honra que gostaria de ter recebido em sua cidade natal: carregar a tocha olímpica de olimpíada. Ele foi convidado pela organização dos Jogos de Tóquio e vai percorrer curto trecho em cerimônia próximo do estádio do Kashima Antlers, clube no qual jogou e hoje é dirigente.

Aos 68 anos, o ex-jogador e a esposa Sandra receberam há cerca de duas semanas a segunda dose da vacina contra Covid-19 no Japão. Ele conta que tem sido tratado com todo cuidado pelos japoneses, preocupados com o ídolo e com a homenagem que vai receber. Agora ele se prepara para carregar a chama olímpica no dia 4 de julho.

Zico se prepara para carregar a tocha olímpica de Tóquio e lembra que não teve convite para a Rio 2016

Zico se prepara para carregar a tocha olímpica de Tóquio e lembra que não teve convite para a Rio 2016

– Eu e a Sandra tomamos as duas doses da Pfizer. Até pela minha idade eles têm preocupação grande, até pelo clube também. E agradeço imensamente. No dia 4 de julho vou carregar a tocha e isso é muito legal. Pelo que me disseram, serão cinco jogadores do Kashima, que participaram de olimpíada, mais eu. Vou carregar por 200 metros perto do estádio. A tocha está passando de forma bem simbólica. Com todas precauções para não provocar aglomeração – lembrou Zico, que vai receber seleções para treinos na estrutura do Kashima. O estádio também vai ter jogos do futebol masculino e feminino.

Zico vai correr 200 metros para entregar a tocha olímpica na cidade de Kashima — Foto: Reprodução

Zico vai correr 200 metros para entregar a tocha olímpica na cidade de Kashima — Foto: Reprodução

Zico conta que a rigidez tem sido grande no ambiente do Kashima. Em um ano e meio de pandemia, tiveram apenas três casos de atletas e mais um de funcionário. O regulamento da J-League prevê derrota por WO de 3 a 0 caso um clube tenha 13 atletas em condições de jogar e não vá para a partida.

– Há controle rigído e respeito muito grande de todos. Respondemos questionário todos os dias para dizer onde fomos, onde almoçamos, onde jantamos, com quem… Se sair da região daqui de Ibaraki tem que registrar. Fazemos teste PCR a cada 15 dias – relatou.

A cerimônia vai servir também para amenizar a frustração de não ter sido convidado para carregar a tocha na Rio 2016. Preferindo não citar nomes, ele lembro que não foi convidado nos Jogos da capital carioca e não esquece disso.

– Infelizmente não fui convidado em 2016. Tem muita gente que carregou e que está em cana hoje, com tornozeleira eletrônica. A gente que faz muita coisa para o país, para o estado, a cidade. Isso é uma marca muito grande, que vai ficar para sempre. Mas tudo bem, que eles sejam felizes – disse, ironizando o atual dirigente do Kashima Antlers.

.

.

.

Fontes: Ge – Globo Esporte.

mais lidas