Siga nossa Redes
xvideos4.pro julia jerez de garcia salinas.
ngentot pagkantot sa magandang kapitbahay.
www.hotdesimovs.com blowjobs and pussy play.

Esportes

Edu Dracena compara pressão pela América com Brasileiro de 2016 e vê Palmeiras mais maduro

Publicado

em

Edu Dracena compara pressão pela América com Brasileiro de 2016 e vê Palmeiras mais maduro

Aos 38 anos, zagueiro tem contrato com o Palmeiras por mais uma temporada e tenta ajudar o time a conquistar a Copa Libertadores após duas décadas

De contrato renovado com o Palmeiras por mais uma temporada, o zagueiro Edu Dracena comentou o porquê acreditar que 2019 (o quarto ano dele com a camisa alviverde) será ainda mais vitorioso. Aos 38 anos, o atleta é um dos mais experientes do atual elenco, que manteve a base e ganhou reforços pontuais nos últimos anos. Porém, para o defensor, existe um elemento ainda mais significativo, além do planejamento, que alimenta essa esperança. A pressão por mais títulos, principalmente o da Libertadores, não é vista como algo que venha atrapalhar os planos, pelo contrário, poderá ser determinante na segunda conquista da América, após duas décadas, assim como foi o Brasileiro em 2016.

– A gente sabe que a grande obsessão do palmeirense é a Libertadores, até porque, há muito tempo não conquista, como tinha sido o Brasileiro em 2016, fazia mais de 20 anos que o Palmeiras não era campeão brasileiro. E, agora, já vai ser 20 anos que não é campeão da Libertadores, então a gente sabe da pressão e responsabilidade.

A familiarização com a competição, construída nos últimos anos de forma gradativa, é apontada por Edu Dracena como um outro fator que poderá ajudar muito o Palmeiras na busca pelo tão almejado título. Para ele, essa proximidade mantida com a Libertadores representa uma evolução e deu maturidade aos remanescentes.

Para o zagueiro, "obsessão" pelo título continental poderá impulsionar o elenco — Foto: Cesar Greco / Ag. Palmeiras

Para o zagueiro, “obsessão” pelo título continental poderá impulsionar o elenco — Foto: Cesar Greco / Ag. Palmeiras

Após ser eliminado na primeira fase em 2016, o Palmeiras caiu nas oitavas de final em 2017, perdendo para o Barcelona, de Guayaquil (Equador), nos pênaltis. E, neste ano, a campanha terminou nas semifinais, quando o Verdão foi eliminado pelo Boca Juniors.

– A gente sabe que é um campeonato diferente, um campeonato onde um jogo pode definir sua vida dentro da competição. Então, eu acredito que a gente vai estar mais maduro do que estava nesse ano, e a gente espera que a cada ano que passa, que o Palmeiras vem jogando a Libertadores, vem passando de fase, então, no ano passado, a gente saiu nas oitavas, nesse ano, nas semifinais, quem sabe, no ano que vem, a gente chega na final e ganha. Então, é isso que a gente espera.

Confraternização

Edu Dracena falou sobre suas expectativas para 2019 na noite desta quinta-feira (27), antes de um jogo festivo que foi realizado em Dracena (SP), sua cidade natal, no Oeste Paulista. A brincadeira de final de ano é organizada há mais de 20 anos e reúne familiares e amigos do zagueiro. Entre os convidados, estava Rodrigo Caio, do São Paulo, que também é do município. Antes da partida, o são-paulino falou sobre as negociações com o Barcelona, que não foram concretizadas.

mais lidas