Siga nossa Redes

Sem categoria

DOR DE CABEÇA – A semana começa com denúncia contra Bolsonaro por obstrução da Justiça

Redação

Publicado

em

DOR DE CABEÇA - A semana começa com denúncia contra Bolsonaro por obstrução da Justiça

Depoimentos desmentidos de um porteiro acabam colocando o nome do presidente da República nas investigações de dois assassinatos. O porteiro teria dito que Bolsonaro atendeu ao interfone, autorizando a entrada de um dos assassinos da vereadora Marielle.

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) começa esta segunda-feira (4) com um problemão: partidos de oposição prometem protocolar denúncia por suposto crime de obstrução da Justiça. No sábado, Bolsonaro disse que pegou os áudios da comunicação por interfone entre a portaria do condomínio Vivendas da Barra e sua casa.

Os áudios, para juristas, fazem parte das provas que podem ajudar a esclarecer os assassinatos da vereadora Marielle e de seu motorista Anderson Gomes, ocorridos em 14 de março do ano passado, no Rio de Janeiro. Para a oposição, ao pegar os áudios, o presidente teria cometido o crime de obstrução da Justiça.

O problema é que segundo um porteiro ouvido pela Polícia, Bolsonaro teria atendido ao interfone e autorizado a entrada de um dos suspeitos das mortes. O porteiro disse que o acusado chegou na portaria pedindo para ir à casa do então deputado federal Jair Bolsonaro. Para o porteiro, o próprio Bolsonaro teria atendido e autorizado a entrada.

Por Jair Viana – Diário de São Paulo

 

Publicidade

mais lidas