Siga nossa Redes
xvideos4.pro julia jerez de garcia salinas.
ngentot pagkantot sa magandang kapitbahay.
www.hotdesimovs.com blowjobs and pussy play.

Dia a Dia

Casa Branca nega evasão de impostos de Trump denunciada pelo ‘NYT’

Publicado

em

Casa Branca nega evasão de impostos de Trump denunciada pelo 'NYT'

A Casa Branca negou que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, tenha construido parte de sua fortuna com dinheiro de evasão de impostos, rejeitando as conclusões de uma extensa investigação publicada pelo jornal “The New York Times” nesta terça-feira.

O “NYT” revelou que Trump e seus irmãos criaram uma empresa falsa para esconder milhões de dólares de seus pais, evitando desta forma o pagamento de grandes quantias em impostos.

“Há muitas décadas, o Serviço de Impostos Internos (IRS, sigla em inglês) revisou e aprovou estas transações”, afirmou em comunicado, a porta-voz da Casa Branca, Sarah Sanders.

Além de rejeitar as acusações, a Casa Branca considerou “triste” o fato de o jornal falar do pai do presidente, morto em 1999.

“Fred Trump faleceu há quase 20 anos e é triste presenciar este falso ataque contra a família Trump”, disse Sanders.

Após a publicação da reportagem, o Departamento de Impostos do estado de Nova York anunciou que “está revisando as denúncias” publicadas no jornal através de “todas as vias adequadas de investigação”, segundo mídia americana.

Mais de US$ 413 milhões

No total, o jornal nova-iorquino calcula que Fred e Mary Trump transferiram para seus filhos uma fortuna de mais de US$ 1 bilhão, pelos quais pagaram aproximadamente US$ 52,3 milhões.

A conclusão do “NYT” é que Trump recebeu o equivalente hoje a mais de US$ 413 milhões de seu pai, por ter o ajudado na sonegação dos impostos.

“O presidente Trump se vendeu como um bilionário, mas uma investigação do Times descobriu que ele recebeu mais de US $ 400 milhões do império de seu pai, grande parte por meio de esquemas tributários duvidosos durante os anos 90, incluindo casos de fraude”, diz o tuíte acima.

Em sua investigação, o jornal analisou um amplo arquivo de declarações de impostos e outros documentos.

mais lidas