Siga nossa Redes
xvideos4.pro julia jerez de garcia salinas.
ngentot pagkantot sa magandang kapitbahay.
www.hotdesimovs.com blowjobs and pussy play.

Esportes

Aline Pellegrino assume coordenação de seleções femininas na CBF

Publicado

em

Aline Pellegrino assume coordenação de seleções femininas na CBF

Ex-zagueira acumula cargo de Duda Luizelli, demitida pela entidade

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) comunicou nesta quinta-feira (13) que Aline Pellegrino substituirá Duda Luizelli na coordenação de seleções brasileiras femininas. A ex-zagueira e capitã do escrete canarinho conciliará a função com a de coordenadora de competições femininas, que exerce há um ano e meio.Aline Pellegrino assume coordenação de seleções femininas na CBFAline Pellegrino assume coordenação de seleções femininas na CBF

Segundo nota divulgada pela CBF, a decisão pela saída de Duda (que entrou na entidade junto de Aline) foi tomada na quarta-feira (12), de forma conjunta, pelo presidente em exercício Ednaldo Rodrigues e pelo vice Gustavo Feijó. No comunicado, a Confederação agradece à ex-dirigente “pela dedicação com que desempenhou a função e deseja sucesso em seus próximos desafios”.

A própria Duda comunicou, na quarta, que estava deixando a CBF. A agora ex-coordenadora de seleções femininas se manifestou em publicação no Instagram, onde elencou ações realizadas ao longo de um ano e meio no cargo.

“Mudamos a maneira de pensar a formação de jogadoras e, principalmente, profissionalizamos a organização das seleções. Não apenas as profissionais, mas desde as categorias de base, porque é assim que sempre acreditei que o futebol feminino poderia finalmente vingar. Acompanhei de perto a explosão de campeonatos nacionais e equipes cada vez mais fortalecidas. Pude organizar boa parte de um ciclo olímpico conturbado, em meio a uma pandemia. Vi florescerem, com um método jamais visto antes, muitos novos talentos para representarem o Brasil nos próximos anos. O nosso sonhado ouro não veio, mas ficou a certeza de que, com as mulheres como protagonistas, o futebol feminino brasileiro tem um caminho aberto brilhante para o futuro”, escreveu Duda.

O primeiro compromisso da seleção feminina em 2022 será o Torneio Internacional da França, entre 16 e 22 de fevereiro, na cidade de Caen. Além das anfitriãs, as brasileiras terão Holanda e Finlândia como rivais. O principal desafio do ano será a Copa América, de 8 a 30 de julho, na Colômbia. A competição é classificatória para a Copa do Mundo do ano que vem, que será realizada na Austrália e na Nova Zelândia.

.
.
.
.
.
Agência Brasil

mais lidas