Siga nossa Redes

Sem categoria

Açougueiro suspeito de fazer parte de grupo de ‘justiceiros’ de SP é preso em MT

Redação

Publicado

em

Açougueiro suspeito de fazer parte de grupo de 'justiceiros' de SP é preso em MT

Fabiano Ribeiro teria torturado e assassinado adolescente que ele acreditava ter atirado em seu filho. Ele foi preso em Novo Santo Antônio, onde morava havia dois anos.

As polícias Civil e Militar prenderam nessa terça-feira (23), em Novo Santo Antônio, a 1.063 km de Cuiabá, o açougueiro Fabiano Ribeiro, de 42 anos. Ele é foragido da Justiça de São Paulo, suspeito de ter torturado e assassinado um adolescente de 17 anos em 2013, no município de São José do Rio Preto. Ribeiro chefiaria um grupo de ‘justiceiros’. O G1 não localizou a defesa do suspeito.

Conforme as investigações, o açougueiro vivia de maneira reclusa numa casa no centro e era conhecido como ‘Juca da Linguiça’. Ele morava havia dois anos e quatro meses em Novo Santo Antônio. O suspeito não tinha emprego fixo, mas mantinha padrão de vida considerado alto na cidade, segundo a polícia.

Ribeiro teria assassinado o adolescente por acreditar que ele teria tentado matar seu filho. O açougueiro teria ainda torturado duas adolescentes em busca de informações sobre o paradeiro do rapaz. Uma delas contou à polícia que foi torturada por aproximadamente cinco pessoas, e que levou choques, socos, chutes e foi sufocada por sacolas de plástico colocadas em sua cabeça.

Após a identificação do local onde estava o adolescente, o açougueiro teria levado o rapaz para uma mata e cometido o assassinato. No corpo da vítima havia marcas de tiros e de queimaduras feitas com maçarico.

Preso, Fabiano Ribeiro está à disposição da Justiça, que poderá determinar sua transferência para o estado de São Paulo, informou a Polícia Civil.

Publicidade
Publicidade

mais lidas