Siga nossa Redes
xvideos4.pro julia jerez de garcia salinas.
ngentot pagkantot sa magandang kapitbahay.
www.hotdesimovs.com blowjobs and pussy play.

Polícia

Um terço dos convocados para posse desiste da carreira de delegado de polícia em São Paulo

Publicado

em

Um terço dos convocados para posse desiste da carreira de delegado de polícia em São Paulo

Um terço dos candidatos aprovados no concurso para delegado da Polícia Civil de São Paulo, chamados para tomar posse por meio de convocação no Diário Oficial, desistiram da carreira na Polícia Civil de São Paulo e não se apresentaram.

Dos 68 chamados pela Secretaria de Segurança Pública no início de janeiro, 22 não compareceram à cerimônia de posse e renunciaram à vaga. A lista com o cancelamento das nomeações foi publicada nesta quinta-feira (27) no Diário Oficial do Estado.

Segundo o Sindicato dos Delegados de Polícia de São Paulo (Sindpesp), muitos dos aprovados que recusaram a vaga já tomaram posse no mesmo cargo em polícias de outros estados. Isso porque eles foram aprovados em um concurso em 2017 e tiveram que aguardar cinco anos pela nomeação.

Neste período, entende a associação, o salário do delegado de polícia paulista se tornou o mais baixo do Brasil, conforme levantamento nacional realizado pela entidade.

A Polícia Civil de São Paulo tem um déficit de policiais que chega a 35% do efetivo, superando 15 mil postos vagos.

Para a Associação de Delegados de São Paulo, o número de desistências demonstra “desprestígio”, já que o estado perde talentos.

“Após aprovação em um exame extremamente concorrido e difícil, aqueles que seriam os futuros delegados paulistas foram colocados em uma espera de cinco anos. Nesse período, muito passaram também em concursos de outros estados, foram nomeados e já estão trabalhando”, explica a presidente do Sindpesp, Raquel Kobashi Gallinati.

Além da demora na convocação e o déficit salarial, a falta de estrutura de trabalho também causa o desinteresse pelo ingresso na Polícia Civil paulista, entende a associação. “A estrutura da Polícia Civil vem sendo desmontada e reduzida em recursos humanos e equipamentos”, diz.

Baixos salários

 

Um levantamento feito pelo sindicato em janeiro deste ano mostrou que o salário dos delegados paulistas é o menor entre todos os estados e o Distrito Federal. A remuneração da categoria, de acordo com os dados de dezembro de 2020, era de R$ 10.382,48. A maior remuneração foi registrada em Mato Grosso, com R$ 24.451,11.

.

.

.

.

.

G1

mais lidas