Siga nossa Redes

Dia a Dia

Tribunal Regional Eleitoral determina revisão do eleitorado em Nova Independência por causa de fraudes

Redação

Publicado

em

Tribunal Regional Eleitoral determina revisão do eleitorado em Nova Independência por causa de fraudes

Número de eleitores na cidade chamou a atenção do Ministério Público de Andradina (SP).

OTribunal Regional Eleitoral determinou a revisão do eleitorado em Nova Independência (SP) por causa de 400 fraudes em transferências de títulos de eleitor. O número de eleitores na cidade chamou a atenção do Ministério Público de Andradina (SP), isso porque quase todo mundo na cidade é eleitor.

Uma investigação apontou irregularidades na transferência de títulos para o município e agora a promotoria quer o cancelamento dos títulos. Todos os eleitores que tiraram o título ou fizeram a transferência para a cidade até o dia 4 de maio do ano passado terão de comprovar que moram realmente em Nova Independência.

Segundo o MP, só em 2015 foram pedidos 200 novos títulos ou então transferência para a cidade. Já no ano passado, o número saltou para 400 e isso chamou atenção da promotoria. De acordo com o MP, a maioria das cidades brasileiras tem 65% de eleitores em relação à população total e, o que chamou atenção é que em Nova Independência, que tem cerca de 3,6 mil moradores, 85% dos moradores são eleitores.

Promotoria investiga o número de eleitores na cidade (Foto: Reprodução / TV TEM)

Promotoria investiga o número de eleitores na cidade (Foto: Reprodução / TV TEM)

mais lidas