Siga nossa Redes
xvideos4.pro julia jerez de garcia salinas.
ngentot pagkantot sa magandang kapitbahay.
www.hotdesimovs.com blowjobs and pussy play.

Esportes

Simone Biles desiste de disputar a final no solo nas Olimpíadas

Publicado

em

Simone Biles desiste de disputar a final no solo nas Olimpíadas

 

Maior estrela da ginástica, Simone Biles também não disputará a prova individual de solo, que acontece na manhã desta segunda-feira, nos Jogos Olímpicos. A informação foi oficializada pela equipe de ginástica americana pelo Twitter na noite deste sábado (já manhã de domingo em Tóquio). A decisão, mais uma vez, foi tomada após avaliações médicas em que a atleta optou por cuidar do seu bem-estar emocional. Ela ainda não decidiu se disputará a final da trave, marcada para a manhã de terça-feira.

Simone retirou-se da final do evento de solo e vai tomar uma decisão sobre a trave ainda esta semana. De qualquer forma, estamos todos apoiando você, Simone”, diz o comunicado.

 

A ginasta de 24 anos já havia desistido da final individual geral, em que a brasileira Rebeca Andrade ficou com a prata, da final por equipes, em que os Estados Unidos ficaram em segundo lugar, e das decisões do salto e das barras assimétricas.

Desconexão entre corpo e mente

 

 

Nos últimos dias, Simone Biles revelou que seu corpo e sua mente não estão em sintonia, o que chamou de “twisties”, e demonstrou com imagens de treinos postados. Logo depois, no entanto, ela apagou os vídeos. Neles, Biles tenta acrobacias e cai. Num deles, ela deve dar um giro duplo, mas dá meio giro antes de cair de costas repentinamente. No segundo, ela dá uma volta e meia.

Em ambos os vídeos, Biles cai em blocos de espuma. Na competição, entretanto, ela correria o risco de uma queda numa superfície dura. Apesar de apagar os vídeos, ela respondeu perguntas de alguns seguidores.

– Não acho que você perceba o quão perigoso isso é numa superfície dura/de competição. Às vezes eu nem consigo entender como girar. Realmente não consigo compreender como girar – escreveu.

.

.

.

Fonte: Ge

mais lidas