Siga nossa Redes
xvideos4.pro julia jerez de garcia salinas.
ngentot pagkantot sa magandang kapitbahay.
www.hotdesimovs.com blowjobs and pussy play.

Esportes

Suspeito de atacar jogador Willian, do Corinthians, é preso em São Paulo

O atleta foi até a delegacia fazer boletim de ocorrência após as ameaças que ele e suas filhas receberam

Publicado

em

Reprodução/TV Globo

A Polícia Civil de São Paulo prendeu nesta quinta-feira (2) um homem suspeito de ter ameaçado o jogador Willian, do Corinthians, pelas redes sociais.

Ontem (1), o atleta foi a uma delegacia de polícia e fez boletim de ocorrência após receber as mensagens: ‘Ou joga por amor ou joga por terror’. Ele também declarou às autoridades que sua família também foi ameaçada.

De acordo com o Departamento de Operações Policiais Estratégicas (Dope), o responsável pela perseguição a Willian foi identificado como Rafael Souza, 20, auxiliar de nutrição e torcedor do clube. A entidade também ressaltou que ele não faz parte de nenhuma torcida organizada.

“A cobrança [da torcida] num centro de treinamento, num estádio é uma coisa normal dentro do meio que ele [Willian] vive, no meio de futebol profissional”, disse o delegado do Dope, César Saad. “Mas essa questão de família ser ameaçada, dizer que vai na escola das filhas, o endereço onde eles moram, isso a Polícia Civil não pode aceitar, isso é crime”, acrescentou.

Rafael Souza foi preso na residência onde mora no Capão Redondo, na zona sul de São Paulo. Ele será acusado pelo crime de ameaça por meios eletrônicos. Mas, provavelmente, será solto após o indiciamento, pois sua prisão não configurou em flagrante.

Em sua defesa, Souza disse ao delegado que a mensagem que enviara para Willian não foi elaborada por ele, pois pesquisou na internet uma frase, a replicou nas redes sociais e marcou o perfil do jogador. Ele afirmou que em nenhum momento pensou em atacar o jogador e que o texto poderia ter grande repercussão.

Esta não é a primeira vez que um jogador do Corinthians procura a ajuda da polícia depois de ser intimidado por anônimos, em virtude de seu desempenho no campo de futebol. Anteriormente, o goleiro Cássio, o zagueiro Gil e o presidente do clube, Duílio Monteiro Alves, receberam ataques nas redes sociais, assim como alguns de seus familiares.

mais lidas