Diário de São Paulo
Siga-nos

Copa do Mundo 2022: sexo fora do casamento durante jogos no Qatar pode levar à prisão, diz jornal

Imagem Copa do Mundo 2022: sexo fora do casamento durante jogos no Qatar pode levar à prisão, diz jornal

Publicado em 21/06/2022, às 00h00 - Atualizado às 18h26 Redação


Os torcedores que foram acompanhar os jogos da Copa do Mundo 2022 no Qatar, que acontece entre os dias 21 de novembro e 18 de dezembro, vão receber um aviso importante: caso façam encontros sexuais fora do casamento, podem ser presos no país.

A prática é ilegal no Qatar e pode levar a uma pena de até sete anos de prisão. De acordo com o portal Daily Star, a informação foi confirmada por um policial local que realmente existe uma proibição de sexo nesta Copa do Mundo e todos devem ir preparados.

“O sexo está muito fora do menu, a menos que você venha como marido e mulher. Definitivamente não haverá encontros de uma noite neste torneio”, disse o policial.

Segundo o profissional, o governo não quer festa nenhuma. “Todos precisam manter a cabeça no lugar, a menos que queiram correr o risco de parar na prisão. A cultura da bebida e da festa após os jogos, que é normal na maioria dos lugares, é estritamente proibida aqui”, afirmou.

E não é só sexo que está fora de cogitação durante os jogos, no ano passado, o presidente do comitê organizador da Copa do Mundo 2022 no Qatar, Nasser Al-Khater disse que demonstrações de afeto em público entre casais héteros e homossexuais são extremamente mal vistas no país.

“O Qatar e seus países vizinhos são muito mais conservadores e pedimos aos torcedores que o respeitem. Temos certeza que o farão, assim como respeitamos as diferentes culturas, esperamos que a nossa também seja”, disse Nasser.

Compartilhe