Diário de São Paulo
Siga-nos

Cerca de 50 imigrantes foram mortos por asfixia dentro de um caminhão

Imagem Cerca de 50 imigrantes foram mortos por asfixia dentro de um caminhão

Publicado em 28/06/2022, às 00h00 - Atualizado às 12h33 Redação


Sobe para cinquenta o número de corpos que foram encontrados em uma carreta nessa segunda-feira (27), por volta das 18h nos EUA. Denominada de “maior evento de vítimas em massa” na história de San Antonio, autoridades locais acreditam que eles foram asfixiados pelo calor, quando as temperaturas ultrapassaram 65ºC dentro da carreta.

Inicialmente, quarenta e seis corpos haviam sido encontrados no interior da carreta e 16 pessoas foram resgatadas e levadas ao hospital com vida, dentre elas, 4 crianças. No entanto, nesta terça-feira, o Secretário de Relações Exteriores do México, Marcelo Ebrard C, atualizou o número de mortos.

“Eu atualizo as informações do Texas fornecidas pelas autoridades dos EUA. 50 falecidos. 22 mexicanos. 7 guatemaltecos. 2 hondurenhos. Os demais ainda não foram identificados. Estamos de luto. Enorme tragédia.” Disse ele unido às investigações nos EUA.

Segundo o chefe de polícia de San Antonio, William McManus, especula que as pessoas provavelmente faziam parte de uma tentativa de contrabando de migrantes.

Uma reunião foi confirmada com os presidenciáveis López Obrador e Joe Biden para o dia 12 de julho.

Compartilhe