Diário de São Paulo
Siga-nos

Após 20 dias sem chuva, só 4 das 29 estações da Cetesb na Grande SP registram boa qualidade do ar nesta terça-feira

Imagem Após 20 dias sem chuva, só 4 das 29 estações da Cetesb na Grande SP registram boa qualidade do ar nesta terça-feira

Publicado em 06/07/2022, às 00h00 - Atualizado às 08h50 Redação


Apenas 4 das 29 estações da Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb) espalhadas pela região metropolitana de São Pauloregistraram boa qualidade do ar na tarde desta terça-feira (5). Em todas as outras, a qualidade era moderada.

De acordo com o Mapa da Qualidade do Ar da Cetesb, a maior concentração de poluentes nesta terça-feira (5) foi registrada no Itaim Paulista, na Zona Leste da capital.

A falta de chuvas é uma das responsáveis pela qualidade do ar. De acordo com a Cetesb, há 20 dias não chove nada na cidade

Os piores horários são no início da manhã e no final da tarde, com o aumento da circulação de veículos. À noite, o céu de inverno tem chamado a atenção de paulistanos nos últimos dias. O contraste de cores parece uma pintura, mas, na verdade, as cores mostram como o ar está poluído.

A faixa mais escura no horizonte é formada por partículas tão pequenas que flutuam no ar que respiramos. De tão pequenas, elas entram pelo nariz e pela boca e vão parar no fundo do pulmão, de acordo com o pneumologista Guilherme Bridi.

“O material particulado acaba, de alguma forma, lesando a mucosa das vias aéreas e inflamando de certa forma os pacientes que têm doenças respiratórias e aqueles também sem doenças. Os sintomas respiratórios podem ser, por exemplo, bronquites, tosse, dispneia e falta de ar, principalmente naqueles pacientes que já têm algum grau de acometimento pulmonar”, afirma.

O pneumologista do Centro de Câncer do Hospital AC Camargo explica que ninguém deve parar de se exercitar no inverno por causa da qualidade do ar, mas que é bom tomar alguns cuidados:

  • O ideal é não fazer a atividade física perto das grandes avenidas;
  • Se puder, use máscara: protege da covid e ajuda a filtrar as partículas que fazem mal à saúde;
  • Capriche na hidratação do corpo todo mas, principalmente, do nariz.

“O paciente que de certa forma ele irriga o nariz, ele lava o nariz com soro para manter aquele aquela mucosa, aquela via aérea hidratada, isso diminui também a concentração de material particulado e também mantém aquela via aérea hidratada. Então isso é uma forma de diminuir os sintomas e impedir que o paciente tenha uma piora importante nesse período de prática de exercícios.”

Compartilhe