Diário de São Paulo
Siga-nos
São Paulo

Prefeitura lança consulta pública para parceria público privada de valor superior a R$ 1 bilhão

Obras de revitalização do Parque D.Pedro II devem ter maior orçamento. A consulta começa nesta quinta (20) e dura um mês

A consulta pública para parceria público privada começa nesta quinta (20) e dura um mês - Imagem: divulgação
A consulta pública para parceria público privada começa nesta quinta (20) e dura um mês - Imagem: divulgação

Publicado em 19/07/2022, às 22h37 Jair Viana


Uma consulta pública para a Parceria Público Privada (PPP) do Bloco Leste de terminais de ônibus será lançada nesta quinta-feira (20) pela Prefeitura de São Paulo.

O valor do contrato bate em mais de R$1 bilhão, segundo revela o Diário do Transporte com apuração do jornalista Adamo Bazani.

Pelo projeto, a concessão será por 30 anos e, em todo o bloco, são previstos investimentos de R$1,027 bilhão para a requalificação dos terminais e das áreas ao seu entorno.

A região do Parque Dom Pedro II, consta como a que vai receber o maior volume de investimento. Estão previstos R$678 milhões do pacote de R$1,027 bilhão.

“Não será apenas uma reforma do terminal Parque Dom Pedro, mas envolve a criação de mais áreas verdes; a melhoria para o pedestre para ser mais seguro e atrativo frequentar o Parque Dom Pedro", revela Maíra Madri, diretora da SP Parcerias, da Prefeitura de São Paulo.

A diretora continua dizendo será feita "uma praça panorâmica dentro do terminal que será um novo polo de lazer e serviços; retomada de um acesso ao pedestre na região do Gazômetro melhorando a infraestrutura e criando quiosques e o projeto também envolve a criação da ponte do Carmo, que vai substituir os atuais viadutos Nakashima e 25 de Março que serão demolidos para facilitar acesso de carros, pedestres e ônibus”.

O projeto ainda prevê a construção de uma alça de acesso para o futuro BRT (corredor de ônibus rápidos) da Radial Leste.

A proposta inicial colocada pela Prefeitura permite à empresa ou grupo de empresas que assumir as obras, fazer a exploração imobiliária dos espaços, realizar eventos, conceder áreas comerciais e vender publicidade, além de receber uma remuneração da prefeitura.

Maíra Madri acredita que o edital final para escolher as empresas deve ser lançado ainda neste ano.
A consulta pública que começa nesta quinta-fei vai durar 30 dias, período no qual a população vai poder enviar sugestões para alterações da proposta inicial.

O bloco Leste da PPP envolve os seguintes espaços: Terminais Antônio Estevão de Carvalho, Aricanduva, Cidade Tiradentes, Itaquera II, Mercado, Parque Dom Pedro II, Penha, Sacomã, São Miguel, Sapopemba, Vila Carrão e Vila Prudente, bem como as Estações do Expresso Tiradentes.

A diretora da SP Parcerias explica que em 30 anos de concessão, a Prefeitura vai deixar de gastar R$1,2 bilhão para a manutenção dos terminais concedidos.

“Hoje a prefeitura tem um gasto de manutenção e operação dos terminais. Em 30 anos, a desoneração para a prefeitura de R$ 1,2 bilhão. O que a prefeitura está fazendo agora é pegar parte desta desoneração e investir diretamente na região do Parque Dom Pedro”, diz.

Atualmente, a região do Parque Dom Pedro II é uma das mais degradadas da capital paulista.

Além do tráfico e uso de drogas, roubos e outros crimes, a região é um verdadeiro nó no trânsito, o que faz da região um local a ser evitado.

O terminal Parque Dom Pedro II é o mais movimentado da cidade, com mais de 80 mil passageiros por dia e 89 linhas.

Além de serem formados alguns “nós” na entrada e saída de ônibus, o entorno é perigoso, principalmente à noite.

O projeto traz o seguinte cronograma de obras:

Dezembro 2022

• Limpeza
• Segurança
• Zeladoria

Dezembro 2023

12 meses
Novo Boulevard
• Novas Praças Ragueb Chohfi e Fernando Costa
• Nova Ponte do Carmo, demolição dos viadutos após a liberação da ponte
• Alargamento da Av. do Estado
• Acesso do BRT
• Recuperação da mata ciliar
• Estabilização do Batalhão

Outubro 2025

34 meses
• Novo Terminal
• Praça panorâmica
• Galeria comercial
• Duas novas praças
• Piscinão coberto

Dezembro 2027

60 meses
• Nova escola técnica do 2º Batalhão de Guardas.

Compartilhe