Diário de São Paulo
Siga-nos

Aos 39 anos, morre deputada federal Amália Barros

Parlamentar, conhecida por sua luta pelos direitos das pessoas com deficiência, deixa um legado de trabalho e amor ao próximo

Amália Barros (PL-MT) - Imagem: Reprodução | Redes Sociais - @amaliabarros
Amália Barros (PL-MT) - Imagem: Reprodução | Redes Sociais - @amaliabarros

por Marina Milani

Publicado em 12/05/2024, às 08h00 - Atualizado às 09h58


Na madrugada deste domingo (12), o Brasil perdeu uma importante voz política com o falecimento da deputada federal Amália Barros (PL-MT). Aos 39 anos, Amália partiu após uma batalha contra complicações decorrentes de uma cirurgia para remoção de um nódulo no pâncreas, iniciada no dia 1º de maio. O óbito foi anunciado nas redes sociais da parlamentar, que passou por duas intervenções cirúrgicas, sendo a última devido a complicações no fígado.

Em seu primeiro mandato como deputada, Amália Barros ganhou destaque por sua dedicação às causas sociais e políticas, sendo reconhecida pela Lei que reconhece brasileiros com visão monocular como pessoas com deficiência. Sua atuação incansável e comprometida rendeu-lhe a vice-presidência do PL Mulher, grupo no qual era próxima da ex-primeira-dama Michelle Bolsonaro.

Michelle Bolsonaro, em um evento em Aracaju, expressou preocupação com a saúde da amiga e pediu orações, manifestando a esperança em um milagre. A família do ex-presidente Jair Bolsonaro também lamentou profundamente a perda, com o senador Flávio Bolsonaro enviando votos de conforto aos familiares.

O governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas, destacou a dedicação e amor ao próximo de Amália, descrevendo-a como um exemplo de superação de barreiras. 

Compartilhe  

últimas notícias