Diário de São Paulo
Siga-nos
Punição disciplinar

Polícia resgata três mulheres mantidas em cárcere privado que tiveram os cabelos raspados; saiba motivo

O crime foi praticado por uma organização que atua em Campina Grande (PB)

Na Delegacia, as três mulheres, de vítimas que eram, acabaram presas - Imagem: G1 / Divulgação Polícia Civil
Na Delegacia, as três mulheres, de vítimas que eram, acabaram presas - Imagem: G1 / Divulgação Polícia Civil

Publicado em 21/07/2022, às 10h58 Jair Viana


Uma organização criminosa que atua em Campina Grande (PB) manteve em cárcere privado três jovens que tiveram seus cabelos raspados. Elas foram resgatadas pela Polícia Militar. Uma delas havia terminado um relacionamento com um preso, líder da facção, que revoltado mandou raspar os cabelos da mulher e de suas amigas.

O caso aconteceu no conjunto Major Veneziano, no bairro Três Irmãs. Segundo o major Jonatha Yassaki, subcomandante do 2º Batalhão da Polícia Militar, os policiais foram chamados para socorrer três mulheres.

No local os policiais descobriram que se tratava de uma "medida disciplinar" aplicada pelo líder da facção. em razão do fim do relacionamento.

A Força Tática (equipe de elite da PM) foi até o local e ao chegar, encontrou as jovens já com de cabeças raspadas.

Os suspeitos conseguiram fugir e não haviam sido presos até o fechamento desta reportagem. Duas das mulheres foram presas por tráfico e um estava com mandado de prisão expedido pela Justiça.

Compartilhe