Diário de São Paulo
Siga-nos

Advogado americano é acusado pelo assassinato de sua esposa e filho

A policia descobriu que ele tinha um plano de vida para beneficiar um outro filho e há duas mortes ligadas a ele

Alex Murdaugh em foto da polícia do estado da Flórida, em outubro de 2021 - Imagem: Reprodução/Departamento de polícia de Orange County
Alex Murdaugh em foto da polícia do estado da Flórida, em outubro de 2021 - Imagem: Reprodução/Departamento de polícia de Orange County

Publicado em 15/07/2022, às 08h15 G1


O advogado americano Alex Murdaugh, de 54 anos, foi acusado nesta quinta-feira (14) pelo assassinato de sua esposa e filho. De acordo com a acusação, ele teria matado a mulher, Maggie, e filho Paul com uma pistola em 7 de junho de 2021.

Naquele dia, ele ligou para o serviço de emergência e disse que havia encontrado os corpos de sua esposa, de 52 anos, e de seu filho, um estudante de 22 anos, atingidos por balas em frente à casa.
Murdaugh é de uma família rica e influente. Ele garantiu que não tinha nada a ver com o crime e não foi indiciado.

Segundo a imprensa americana, foram encontradas manchas de sangue suspeitas em suas roupas e telefonemas que não correspondiam ao seu álibi.

Em 2019, Paul, o filho de Murdaugh, sofreu um acidente de barco. Nessa ocasião, uma jovem morreu, mas o advogado não chegou a ser investigado por essa morte.

Em setembro de 2021, os investigadores descobriram que havia um esquema para fraudar companhias de seguros. Ele admitiu à polícia que pediu a um ex-cliente que o matasse para que seu outro filho pudesse receber US$ 10 milhões em seguro de vida. Alex Murdaugh foi baleado na cabeça por seu ex-cliente em 4 de setembro, mas sobreviveu.

Acusações de fraude

Nos últimos meses, Murdagh foi acusado de fraude 70 vezes e foi preso. Ele é suspeito de desviar dinheiro de clientes de seu escritório de advocacia (a acusação afirma que foi cerca de US$ 8,5 milhões no total). Ele também é acusado de lavagem de dinheiro do tráfico de opiáceos (o advogado tem problemas com vício nessas drogas há cerca de 20 anos).

Morte de empregada em 2018

As autoridades também abriram investigações sobre a morte de sua empregada doméstica em 2018. Na época, Murdaugh disse que ela havia caído da escada depois de tropeçar em um cachorro e a morte foi classificada como natural.

Compartilhe