Diário de São Paulo
Siga-nos

Abandonado pelo PT, Trevo de Bonsucesso é viabilizado pelas mãos de Guti, Tarcísio e Bolsonaro

Durante a primeira gestão do atual prefeito de Guarulhos, Guti, as obras do Trevo de Bonsucesso foram retomadas

Trevo de Bonsucesso é viabilizado pelas mãos de Guti, Tarcísio e Bolsonaro - Imagem: Divulgação / Prefeitura de Guarulhos
Trevo de Bonsucesso é viabilizado pelas mãos de Guti, Tarcísio e Bolsonaro - Imagem: Divulgação / Prefeitura de Guarulhos

Redação Publicado em 20/05/2024, às 10h01


A entrega das marginais da rodovia Presidente Dutra neste mês de maio pela concessionária CCR RioSP encerra uma novela que se arrasta por mais de duas décadas em Guarulhos. Com a obra, o Trevo de Bonsucesso, sinônimo de pesadelo para boa parte da população da cidade, finalmente poderá ser utilizado em sua totalidade.

Para entender os problemas que cercaram o Trevo, é necessário voltar 20 anos no tempo. Sem um planejamento de futuro, o ex-prefeito Elói Pietá, então no PT, entregou uma obra em 2004 sem a funcionalidade necessária para resolver os problemas dos moradores que diariamente se dirigiam para os populosos bairros das regiões de Bonsucesso e Pimentas.

O novo Trevo nasceu congestionado, apesar dos recursos dispendidos pela concessionária responsável pela via Dutra à época, a NovaDutra. Havia apenas uma passagem sob a rodovia, com grandes rotatórias em ambos os lados, com semáforos que não davam conta do tráfego intenso de carros, caminhões e ônibus.

Tanto foi assim, que o sucessor de Eloi na Prefeitura, o prefeito Sebastião Almeida fez um novo projeto para o Trevo de Bonsucesso, mas também cheio de falhas, já no governo da ex-presidente Dilma Rousseff. Em 2014, anunciou as obras que receberam recursos federais e que deveriam ser entregues em 2016. Porém, com um projeto mal executado e sem a realização das desapropriações necessárias, o ex-petista deixou a Prefeitura com menos de 40% das obras concluídas.

Para piorar, o projeto feito pela gestão petista não previa uma ligação do Trevo de Bonsucesso com a Dutra, o que só foi viabilizado graças ao empenho do prefeito Guti (PSD) e do então ministro da Infraestrutura do governo Bolsonaro e hoje governador de São Paulo, Tarcísio Gomes de Freitas.

Obras retomadas por Guti

Durante a primeira gestão do atual prefeito de Guarulhos, Guti, as obras do Trevo de Bonsucesso foram retomadas. O que cabia à Prefeitura foi praticamente finalizado, restando apenas a liberação da alça de acesso à pista da Dutra no sentido de São Paulo, já que não havia a pista marginal da rodovia na concessão anterior.

Somente em 2021, durante o governo do presidente Jair Bolsonaro (PL), no processo de nova concessão da rodovia o Governador Tarcísio de Freitas, enquanto ainda era ministro do Governo Bolsonaro autorizou o leilão que ocorreu em 29/10/2021 onde a CCR tinha como cláusula obrigatória a solução da obra do Trevo, acabando com a novela dessa obra esquecida pelas gestões anteriores, e mesmo com a oposição do PT, a previsão da construção das marginais naquele trecho entrou no projeto, mesmo assim somente a partir do quinto ano, ou seja, em 2027.

Graças às intervenções do prefeito Guti junto ao então ministro da Infraestrutura, atual governador Tarcísio de Freitas, as obras das novas marginais, necessárias para viabilizar o acesso do Trevo de Bonsucesso à Dutra, foram adiantadas em três anos, para que pudessem ser inauguradas em março de 2024.

Em agosto do ano passado, já como governador, Tarcísio lembrou como foram viabilizadas as obras das novas marginais. “Houve um apelo da turma de Guarulhos. Eu estive reunido algumas vezes com o prefeito Guti, que participou das audiências públicas. Nós antecipamos o cronograma para 2024. Em março o Trevo de Bonsucesso e o Complexo Jacu Pêssego estarão prontos”, disse o governador, que fez todo o trabalho necessário quando era ministro da Infraestrutura e atuou na nova concessão da Dutra.

Segundo Tarcísio, serão entregues 7 km de via marginal no sentido São Paulo, além de outros 3 km no sentido Rio de Janeiro. As obras também englobam uma pista adicional e novas passarelas para pedestres.

Compartilhe  

últimas notícias