Diário de São Paulo
Siga-nos
Cédulas raras

Nota rara de R$50 pode valer até R$4 mil; entenda o motivo e como trocar

A sua nota pode valer muito mais dinheiro do que imagina, veja se você pode trocar

Nota de R$50 pode valer até R$4 mil; entenda o motivo e como trocar - Imagem: reprodução Flickr @manoelguedes
Nota de R$50 pode valer até R$4 mil; entenda o motivo e como trocar - Imagem: reprodução Flickr @manoelguedes

Publicado em 25/07/2022, às 17h42 Vitória Tedeschi


A sua nota de R$50 reais pode valer muito mais dinheiro,isso porque existem colecionadores de moedas e cédulas, os chamados de numismatas, que estão dispostos a pagar milhares de reais na compra do que consideram relíquias,como algumas notas raras de R$50.

Recentemente, um item tem chamado bastante a atenção dos brasileiros, que começaram a discutir a possibilidade de mais um tipo de nota rara em circulação.

O item em questão é uma cédula de R$50 que não possui a frase “Deus seja louvado” impressa. Atualmente, essa cédula pode chegar ao valor de R$4 mil no mercado.

Em 1994, essa frase, que já era impressa nas notas desde 1986, foi esquecida propositalmente nos primeiros lotes se emissão das cédulas. Na época, foi aprovado um projeto de lei que aboliu a frase religiosa sob justificativa de que o país era laico.

No entanto, a vigência do projeto não perdurou. Isso porque, o ministro da Fazenda, na época, Rubens Ricupero, aderiu novamente a frase nas notas de R$50. Em razão disso, as cédulas que não possuem essa frase são consideradas raríssimas hoje em dia.

Além destas, algumas outras notas de R$50 também são consideradas relíquias, são elas: as assinadas pelo próprio ministro Ricupero, que ficou no cargo por apenas cinco meses, o que tornou a sua assinatura rara em algumas notas de reais; e as assinadas pelo ministro da fazenda Pérsio Arida, que também ficou poucos meses no cargo. Ambas também podem ser vendidas por até R$4 mil.

Compartilhe