Diário de São Paulo
Siga-nos

Com 1 milhão de seguidores, 'Hulk brasileiro' vivia isolado, diz vizinho que o socorreu ao passar mal

Ele chegou a ser levado à UPA Norte, mas não resistiu. Causa da morte não foi divulgada

Com 1 milhão de seguidores, 'Hulk brasileiro' vivia isolado, diz vizinho que o socorreu ao passar mal - Imagem: Acervo Pessoal
Com 1 milhão de seguidores, 'Hulk brasileiro' vivia isolado, diz vizinho que o socorreu ao passar mal - Imagem: Acervo Pessoal

Publicado em 02/08/2022, às 08h05 G1


Valdir Segato, conhecido como o Hulk brasileirode Ribeirão Preto (SP), tinha 1,6 milhão de seguidores no Tik Tok e 19 milhões de curtidas nas publicações, mas era uma pessoa isolada. Pouco falava, não recebia visitas e dizia não ter familiares.

"Sempre era na dele. Ficava na frente da casa, fazendo live, Tik Tok, falava com o pessoal [seguidores], mas não conversava muito com as pessoas [vizinhos]. Eu conversava com ele porque não fazia muitas perguntas para ele", diz Antônio Jadson da Conceição, de 34 anos.

Jadson é filho da mulher que socorreu Segato quando o influenciador passou mal na terça-feira (26). Ele morreu naquele dia, data em que completava 55 anos.

"Colocaram ele dentro do carro e aí o vizinho foi para a UPA. Chegou na UPA, ele caiu na recepção mesmo, infartando. Acho que infartou", conta Moisés da Conceição da Silva, de 31 anos, irmão de Jadson.

Compartilhe