Diário de São Paulo
Siga-nos
Renegociação de Dívidas

Programa Desenrola Brasil encerra renegociação de dívidas nesta semana

Programa oferece oportunidade para renegociar dívidas de até R$ 20 mil para consumidores de baixa renda

Renegociação de dívidas - Imagem: Reprodução | X (Twitter) - @serasa
Renegociação de dívidas - Imagem: Reprodução | X (Twitter) - @serasa

por Marina Milani

Publicado em 14/05/2024, às 07h47


Após duas prorrogações de prazo, o programa Desenrola Brasil entra em sua última semana de renegociação de dívidas. Os consumidores têm até a próxima segunda-feira (20) para aproveitar a oportunidade e regularizar suas pendências financeiras pela plataforma do programa.

Nesta etapa derradeira, apenas as dívidas de consumidores inseridos na faixa 1 do programa podem ser renegociadas. Essa categoria abrange indivíduos com renda mensal de até dois salários mínimos ou cadastrados no CadÚnico.

Condições para participar do programa

Para ser elegível ao Desenrola Brasil, o valor original da dívida não pode exceder R$ 20 mil e deve ter sido negativado entre janeiro de 2019 e dezembro de 2022. As dívidas podem ser de natureza bancária, como cartão de crédito e empréstimos, ou de outros setores, como contas de energia, água e comércio.

Até o momento, o programa Desenrola Brasil já beneficiou mais de 14,9 milhões de pessoas, negociando cerca de R$ 52,25 bilhões em dívidas, de acordo com dados do Ministério da Fazenda. Essa iniciativa visa proporcionar aos consumidores uma oportunidade de regularizar sua situação financeira e sair da inadimplência.

Para obter sucesso na renegociação, especialistas recomendam alguns passos importantes:

  1. Mapear as dívidas: É essencial ter um panorama claro de todas as dívidas, identificando as empresas credoras e as taxas de juros de cada uma.

  2. Entender o orçamento: Avaliar o que cabe no orçamento pessoal ou familiar e priorizar o pagamento das dívidas de forma consciente.

  3. Consultar todas as opções de renegociação: Comparar as ofertas disponíveis na plataforma do Desenrola Brasil e escolher aquela que oferece o melhor custo-benefício.

Como acessar 

Para acessar a plataforma do Desenrola, é necessário ter uma conta gov.br. Todos os usuários podem visualizar as ofertas de negociação e, se preferirem, parcelar o pagamento. Além disso, as ofertas também estão disponíveis nos canais parceiros do governo federal, como o Serasa e as agências dos Correios pelo país, até o dia 28 de março.

Compartilhe  

últimas notícias