Diário de São Paulo
Siga-nos
Economia

Brasil fecha mês de maio com o arroz branco mais caro do mundo

O grão aumentou no país após a tragédia no Rio Grande do Sul

Brasil fecha mês de maio com o arroz branco mais caro do mundo - Imagem: reprodução freepik
Brasil fecha mês de maio com o arroz branco mais caro do mundo - Imagem: reprodução freepik

Lillia Soares Publicado em 07/06/2024, às 15h38


O Brasil fechou maio com o arroz branco mais caro do mundo, de acordo com a Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO) o preço do arroz no país subiu 10% no mês, atingindo US$ 830 por tonelada, 29% mais caro que na Tailândia, um dos maiores produtores mundiais.

Conforme informa o portal CNN, a FAO monitora o mercado internacional de arroz mensalmente. Além disso, o relatório de maio, divulgado em Roma, indicou um aumento global de 1,5% no preço médio do arroz branco, embora com variações significativas entre os países.

No Brasil, a alta de 10% foi semelhante ao aumento de 11% na Argentina e de 9% no Uruguai. No entanto, o preço no Brasil foi superior ao dos países vizinhos, com a tonelada sendo negociada a US$830,60, comparado a US$808,60 no Uruguai e US$783,80 na Argentina.

O relatório aponta que no Brasil ainda há “incertezas” quanto à extensão das perdas causadas pelas inundações no Rio Grande do Sul. “As enchentes levaram o governo a anunciar importação do produto e que aprovaria a redução de impostos de importação para renovar estoques e manter os preços locais sob controle”, menciona o relatório.

A tragédia climática no Brasil também impactou os preços na Tailândia, onde subiram entre 4% e 6% no mês. Segundo o relatório, o aumento foi devido às vendas para compradores brasileiros e à valorização do baht em relação ao dólar americano.

Compartilhe  

últimas notícias