Diário de São Paulo
Siga-nos
Rio Grande do Sul

Vídeo mostra tornado que destelhou casas no Rio Grande do Sul

Os ventos associados ao fenômeno atingiram velocidades impressionantes, variando entre 117 e 190 km/h, conforme a escala Fujita

Tornado atinge Rio Grande do Sul - Imagem: Reprodução | YouTube - SCC10
Tornado atinge Rio Grande do Sul - Imagem: Reprodução | YouTube - SCC10

por Marina Milani

Publicado em 11/05/2024, às 19h30


Neste sábado (11), a cidade de Gentil, no Rio Grande do Sul, foi surpreendida por um fenômeno incomum: um tornado. As imagens impressionantes foram compartilhadas pelo meteorologista Piter Scheuer, que explicou ao portal SCC10 que o fenômeno se originou de uma supercélula provocada pela formação de um sistema de baixa pressão e um intenso fluxo de vento vindo da região amazônica.

De acordo com Scheuer, o tornado causou alguns transtornos em diversos pontos da cidade, incluindo destelhamentos em residências. Os ventos associados ao fenômeno atingiram velocidades impressionantes, variando entre 117 e 190 km/h, conforme a escala Fujita, utilizada para medir a intensidade dos tornados.

O que é? 

O tornado é um fenômeno atmosférico associado a nuvens de tempestade e condições extremamente instáveis de tempo. Caracteriza-se por um funil formado a partir de ventos que giram em alta velocidade em torno de um centro de baixa pressão.

Quando esse funil toca o solo, o fenômeno é oficialmente classificado como tornado. Apesar de sua curta duração, os ventos podem alcançar velocidades superiores a 400 km/h, resultando em grande poder de destruição.

Compartilhe  

últimas notícias