Siga nossa Redes
xvideos4.pro julia jerez de garcia salinas.
ngentot pagkantot sa magandang kapitbahay.
www.hotdesimovs.com blowjobs and pussy play.

Esportes

Livre da eliminação, mas ainda “sem teto”, Catanduvense enfrenta o Marília

Publicado

em

Livre da eliminação, mas ainda "sem teto", Catanduvense enfrenta o Marília

Após escapar de punição por duplo W.O., Bruxo volta a jogar no Riopretão nesta quarta porque segue sem estádio. Alviceleste joga por G-8 e também contra o Z-6

O Catanduvense entra em campo diante do Marília na noite desta quarta-feira para tentar a segunda “vitória” da semana na Série A3 do Campeonato Paulista, desta vez nos gramados – a primeira foi nos tribunais. Dois dias após escapar de uma severa punição (eliminação) por parte do TJD (Tribunal de Justiça Desportiva) da Federação Paulista de Futebol por praticar dois W.O. na mesma temporada, o Bruxo enfrenta o Alviceleste no estádio Riopretão.

A partida, válida pela nona rodada do torneio, será disputada a partir das 16h, mais uma vez no estádio Anísio Haddad, em São José do Rio Preto, a “nova casa” do Catanduvense, uma vez que o estádio Sílvio Salles, em Catanduva, segue interditado. No último sábado, também no Riopretão, o Catanduvense acabou goleado pelo Comercial, por 4 a 1.

Se fora dos campos o Bruxo se safou de ser eliminado da Série A3 e, por consequência, rebaixado para a Segunda Divisão do Paulista, o quarto e último nível do futebol estadual, dentro do gramado a briga para seguir na terceira divisão segue complicada. Com apenas três pontos somados em oito rodadas, o time de Catanduva é o vice-lanterna, numa temporada em que os seis piores serão rebaixados.

Para esta quarta, o técnico Rodrigo Deião conta com a volta do zagueiro Luciano, que estava machucado. O meia atacante Matheus, que saiu machucado da última partida, se recuperou, está à disposição do treinador e foi relacionado, devendo ficar como opção no banco. O Bruxo deve ir a campo com a seguinte formação: Esteban; Mineiro, Éder Baiano, Luciano e Jorge Lopes; Sabino, Du, Cléber e Caio; Walker e Renan.

A situação do Marília, apesar de também não ser confortável, é bem melhor: o Alviceleste tem 11 pontos e ocupa a 12ª colocação, fora do Z-6, mas com apenas um ponto a mais que o primeiro time dentro da degola. Por outro lado, o time igualmente almeja a classificação à próxima fase, pois tem apenas dois pontos a menos que o último colocado do G-8, zona da tabela que garante classificação às quartas de final.

Borebi, atacante, Marília, Série A3 (Foto: Clodoaldo Moreira / Marília AC)

O atacante Borebi ainda é dúvida no MAC para o jogo desta quarta (Foto: Clodoaldo Moreira / Marília AC)

MAC mudado

O Marília, do técnico Luciano Quadros, deve entrar em campo nesta quarta com quatro mudanças em relação ao time que empatou com o Olímpia na rodada passada. Os desfalques certos, por suspensão, são o volante Agenor (expulso) e o meia Léo Franco (terceiro amarelo). O atacante Borebi, com dores no pé, ainda é dúvida – Osmar, ex-Palmeiras, é opção caso o centroavante não se recupere.

Por outro lado, o treinador poderá contar com o lateral-esquerdo Valmir, liberado pelo departamento médico, mas que deve seguir como opção no banco. Na defesa, o zagueiro Giba volta de suspensão e entrará na vaga de Romário. O provável Marília jogará com: Éder; Marlon Cola, Alessandro Lopes, Giba e Fábio Leite; Juninho Ortega, Wallace Rato, Matheus Marcondele (Gilberto Trindade) e Fabiano Gadelha; Du Gaia e Borebi (Osmar).

mais lidas