Siga nossa Redes

Bauru

Homem é morto com tiro no pescoço após discussão em bairro de Botucatu

Dia a Dia

Publicado

em

Homem é morto com tiro no pescoço após discussão em bairro de Botucatu

Suspeito do disparo, feito com arma sem registro, se entregou após o crime e alegou que se defendeu de um ataque da vítima. Ele tinha antecedentes e foi indiciado por homicídio qualificado.

Uma discussão entre dois homens por uma suposta invasão de um imóvel localizado no Jardim Bandeirantes, em Botucatu (SP), terminou com a morte de um deles na manhã desta quinta-feira (23).

Logo pela manhã, após o crime, o suspeito do disparo se entregou na delegacia, com a arma usada para fazer o disparo, uma pistola calibre 25.

Em seu depoimento, o homem de 45 anos que assumiu o assassinato, alegou que teria ido um dia antes até a casa onde aconteceu o crime porque ela é sua propriedade e teria sido invadida por pessoas que seriam usuárias de drogas.

O suspeito alegou ainda que não teve sucesso em retirar os supostos invasores e que retornou nesta quinta-feira ao local, armado, com o intuito de se defender.

Disse ainda que, na discussão, foi agredido pela vítima, de 48 anos, e então fez o disparo. A bala atingiu o pescoço da vítima, que morreu no local.

“A arma apresentada não tem registro e o suspeito já tinha antecedentes criminais por porte ilegal e ameaça. Ele alegou que só se defendeu, e será indiciado por homicídio qualificado, por não dar direito de defesa à vitima”, explicou a delegada Simone Firmino.

Após o indiciamento, a Polícia Civil fez buscas na casa do investigado e encontrou munições do mesmo calibre da pistola apresentada e uma porção de maconha. Segundo a defesa do suspeito, a arma teria sido um presente que ganhou de um amigo.

Delegada Simone Firmino explica que suspeito será indiciado por homicídio qualificado, sem chance de defesa (Foto: TV TEM/Reprodução)

Delegada Simone Firmino explica que suspeito será indiciado por homicídio qualificado, sem chance de defesa (Foto: TV TEM/Reprodução)

Publicidade
Publicidade

mais lidas