Siga nossa Redes

Esportes

Saiba os bastidores do pedido de Lucas Veríssimo para não jogar pelo Santos contra o Grêmio

esportes

Publicado

em

Saiba os bastidores do pedido de Lucas Veríssimo para não jogar pelo Santos contra o Grêmio

O Santos tem mais uma crise interna para resolver às vésperas do jogo mais importante da temporada: Lucas Veríssimo deve ficar fora do início das quartas de final da Libertadores da América contra o Grêmio nesta quarta-feira, às 19h15 (de Brasília), em Porto Alegre.

 

O zagueiro conversou com o técnico Cuca por cerca de 30 minutos na última terça, no CT Rei Pelé, e pediu para não atuar na decisão em função do insucesso parcial na negociação com o Benfica (POR). E o desfecho deve ser diferente da semana passada.

Veríssimo não queria enfrentar a LDU (EQU) na semana passada. A escalação só foi confirmada minutos antes da bola rolar. Na ocasião, Cuca conseguiu convencer o jogador.

Desta vez, é diferente. Lucas Veríssimo não mostrou dúvida ontem. E o argumento tem a ver com atuações irregulares contra a própria LDU e também no clássico contra o Palmeiras.

Na visão do defensor, ele esteve abaixo do seu nível e não está conseguindo lidar com a situação da mesma forma. O atleta passou por momentos semelhantes nos últimos anos, quando o ex-presidente José Carlos Peres aceitava propostas e recuava, mas não houve impacto em campo. Agora, na sua visão, há.

Diante desse cenário, Veríssimo não quer enfrentar o Grêmio e cogita até não atuar mais pelo Santos enquanto não se sentir seguro extracampo. Ele tinha convicção do “sim” do clube para o Benfica e busca ajuda psicológica para superar a situação ao menos até janeiro. Além de sua esposa, outros familiares estiveram mais próximos nos últimos dias.

Como o Peixe vive período eleitoral, o presidente Orlando Rollo e os demais membros do Comitê de Gestão precisam de aval do Conselho Deliberativo para comprar ou vender. E o Conselho Fiscal vetou a negociação com o Benfica pelo fato do pagamento parcelado comprometer gestões futuras. No dia 1 de janeiro, o novo presidente assumirá oficialmente e poderá liberar ou não Lucas Veríssimo sem essa “burocracia”.

Saiba os bastidores do pedido de Lucas Veríssimo para não jogar pelo Santos contra o Grêmio
Saiba os bastidores do pedido de Lucas Veríssimo para não jogar pelo Santos contra o Grêmio
Saiba os bastidores do pedido de Lucas Veríssimo para não jogar pelo Santos contra o Grêmio
Saiba os bastidores do pedido de Lucas Veríssimo para não jogar pelo Santos contra o Grêmio

Comissão técnica insatisfeita

Cuca busca entender os argumentos de Lucas Veríssimo, mas não concorda com a ausência do zagueiro no jogo mais importante da temporada para o Santos.

O técnico convenceu o zagueiro a atuar diante da LDU, o elogiou publicamente depois do clássico contra o Palmeiras e agora sente que não houve a “contrapartida” do jogador.

Na conversa com o comandante, o defensor agradeceu pela moral, mas disse não estar em condição de jogo e revelou o temor de prejudicar a equipe. Na sua cabeça, é melhor não disputar a decisão do que poder ir mal de novo e ouvir que está pensando na Europa.

Um agravante é a ausência de Luiz Felipe, substituto de Veríssimo e experiente em competições continentais. Como ele está suspenso, Laércio deve ser titular logo em sua estreia em Libertadores.

Cuca e os demais membros da comissão técnica pensam até em não usar Lucas Veríssimo se o zagueiro mudar de opinião. A ideia é passar confiança para Laércio e não criar dúvidas horas antes da bola rolar como foi na semana passada. O presidente Rollo e a diretoria de futebol não se posicionaram até então.

 

Proposta do Benfica

O Benfica ofereceu € 6,5 milhões (cerca de R$ 41,1 milhões) por Lucas Veríssimo em cinco vezes anuais, com pagamentos previstos até agosto de 2025 e uma parcela antecipada para esse mês de dezembro.

Diante deste cenário, o Santos faria uma antecipação dos recebíveis por meio de uma instituição financeira belga, o que geraria uma taxa entre 5,2% e 5,5% do valor “mais custas”. Somando os pagamentos de 10% ao jogador e 15% ao empresário pela intermediação, o Alvinegro ficaria com cerca de € 3,8 milhões (cerca de R$ 24,1 milhões).

Veríssimo acertou salários com o Benfica e é uma das prioridades do técnico Jorge Jesus, ex-Flamengo. A diferença entre os vencimentos não é tão grande, mas o atleta se sente pronto para realizar o sonho de atuar na Europa para ficar mais próximo da seleção brasileira.

No sábado, por exemplo, representantes da CBF estiveram na Vila Belmiro. E viram um Lucas Veríssimo abaixo do seu nível habitual no empate em 2 a 2 com o Palmeiras.

 

Al-Nassr

Nos últimos dias, Lucas Veríssimo chegou a cogitar a proposta do Al-Nassr, da Arábia Saudita. O zagueiro, porém, bateu o pé pela meta de chegar na Europa, mesmo com proposta salarial mais vantajosa no mundo árabe.

Os sauditas fariam o pagamento em duas parcelas, uma logo após a assinatura do contrato e outra até dia 31 de janeiro de 2021. O clube arcaria com os mesmos 10% ao jogador e 15% ao empresário pela intermediação, mas não haveria antecipação dos pagamentos. Assim, o Santos calculou que ficaria com US$ 5 milhões (cerca de R$ 26,1 milhões), superando a oferta dos portugueses por R$ 2 milhões e contribuindo com o fluxo de caixa imediatamente.

Essa oferta do Nassr foi aceita pelo Conselho Deliberativo, mas recusada por Veríssimo. A proposta foi retirada oficialmente.

.

.

.

Gazeta Esportiva.

Publicidade

mais lidas