Siga nossa Redes
xvideos4.pro julia jerez de garcia salinas.
ngentot pagkantot sa magandang kapitbahay.
www.hotdesimovs.com blowjobs and pussy play.

Dia a Dia

Fachin: diplomatas devem buscar informações sobre tecnologia eleitoral

Presidente do TSE participou de evento com diplomatas estrangeiros

Publicado

em

Governo enviou 300 servidores para ajudar em buscas no Amazonas

Presidente do TSE participou de evento com diplomatas estrangeiros

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Edson Fachin, disse hoje (31) a uma plateia de diplomatas estrangeiros que a comunidade internacional deve estar alerta sobre o sistema de votação no Brasil. “Convido a corpo diplomático sediado em Brasília a buscar informações sérias e verdadeiras sobre a tecnologia eleitoral brasileira, não somente aqui no TSE, mas junto a especialistas nacionais e internacionais, de modo a contribuir para que a comunidade internacional esteja alerta contra acusações levianas”, afirmou Fachin.Governo enviou 300 servidores para ajudar em buscas no AmazonasGoverno enviou 300 servidores para ajudar em buscas no Amazonas

A declaração foi dada durante o evento “Sessão InformativaPresidente do TSE encerra série de reuniões com presidentes dos TREs para Embaixadas: o sistema eleitoral brasileiro e as Eleições 2022″, cujo objetivo, de acordo com o TSE, foi “proporcionar um diálogo qualificado entre os especialistas de diversos setores da Corte com diplomatas estrangeiros interessados em acompanhar o pleito deste ano”. O evento foi fechado. O discurso de Fachin foi depois disponibilizado pelo TSE.

A ministra Cármen Lúcia, que integra o Supremo Tribunal Federal e o TSE, também participou da mesa de abertura do evento, que foi descrito pela Corte eleitoral como uma “oportunidade para o esclarecimento de dúvidas e questionamentos que surgem com frequência nos contatos do público estrangeiro com o TSE”.

“É fundamental transmitir  aos  Governos  estrangeiros  as  informações  corretas  e  completas sobre o processo eleitoral que se avizinha”, disse Fachin na fala de abertura. “A integridade e fidedignidade das eleições brasileiras tem de ser demonstrada não por frases desconexas ou declarações vazias, mas por relatórios fundamentados de especialistas na matéria”, acrescentou o ministro.

Agencia Brasil

mais lidas