Siga nossa Redes
xvideos4.pro julia jerez de garcia salinas.
ngentot pagkantot sa magandang kapitbahay.
www.hotdesimovs.com blowjobs and pussy play.

Esportes

Colegas de equipe criticam comentários de Maurício Souza: “É algo grave”

Publicado

em

Colegas de equipe criticam comentários de Maurício Souza: "É algo grave"

Maique, William e Henrique Honorato foram às redes sociais se posicionar contra opiniões homofóbicas do central, que foi punido e multado

Os comentários homofóbicos postados pelo central Maurício Souza e que ganharam grande repercussão nesta terça-feira foram alvo de críticas de seus próprios companheiros de time, o Minas Tênis Clube. Três jogadores, o líbero Maique, o levantador William e o ponteiro Henrique Honorato usaram suas redes sociais para se posicionar contrariamente.

Jogador de vôlei Maurício Souza foi afastado do Minas Tênis Clube por postagem homofóbica

– Está aqui meu posicionamento, em relação ao clube e nosso companheiro de equipe isso é algo que eles tem que resolver. Não há nada que eu possa fazer. E passar o pano também não vou pq é algo grave! Homofobia não é opinião – escreveu Maique em sua conta no Instagram.

O líbero, que é frequentemente convocado para a seleção brasileira, também repostou uma nota assinada pelo presidente do Minas, Ricardo Santiago, e afirmou que “juntos vamos vencendo essa luta”.

William, campeão olímpico na Rio 2016 junto com Maurício Souza, disse por sua vez: “não compactuo com o posicionamento do Maurício Souza, sou contrário à [sic] manifestações preconceituosos, homofóbicas ou racistas”.

Extrato da postagem de William Arjona — Foto: Reprodução Instagram

Extrato da postagem de William Arjona — Foto: Reprodução Instagram

Outro a se manifestar foi Henrique Honorato, que também afirmou não compactuar “com homofobia ou qualquer tipo de preconceito”.

Postagem de Henrique Honorato no Instagram — Foto: Reprodução Instagram Henrique Honorato

Postagem de Henrique Honorato no Instagram — Foto: Reprodução Instagram Henrique Honorato

Diante da repercussão do caso, o Minas afastou o jogador. Ele terá de se retratar publicamente e pagar uma multa. Na terça-feira, os principais patrocinadores da equipe se manifestaram sobre o posicionamento do atleta. As empresas pediram, em notas separadas, “medidas cabíveis” ao clube mineiro e repudiaram as declarações do jogador.

Segundo apurou o ge, o Minas entendia que não havia clima para Maurício atuar nos próximos jogos. A estreia da equipe mineira na Superliga está prevista para sábado, contra o São José dos Campos. Assim, cogitou a possibilidade de rescindir o contrato do jogador.

No entanto, as partes chegaram a um acordo, e central mostrou-se disposto a uma retratação. Além da multa, Maurício Souza será afastado por tempo indeterminado. Só depois poderá se juntar novamente ao elenco.

Entenda o caso

 

Há cerca de duas semanas, a DC Comics anunciou que o novo Super-Homem, filho de Clark Kent, se descobrirá bissexual nas próximas edições das histórias em quadrinhos. O assunto, que foi um dos mais comentados do Twitter no dia da divulgação, também movimentou a comunidade do voleibol brasileiro.

Após a publicação da editora, Maurício Souza, postou a foto do Super-Homem e fez críticas à decisão da DC. O Minas se manifestou ainda nessa segunda-feira sobre a publicação do jogador. O clube disse que respeitava a liberdade de opinião de cada atleta, mas que não aceitava declarações homofóbicas.

– Ah é só um desenho, não é nada demais. Vai nessa que vai ver onde vamos parar – postou o jogador, que recebeu comentários de apoio de outros atletas do vôlei, como Wallace e Sidão.

 

O assunto gerou uma grande repercussão nas redes sociais após os internautas considerarem as postagens como indiretas entre os companheiros de seleção. Maurício, apesar das críticas que levou com seu protesto, continuou endossando sua opinião nas redes sociais.

.

.

.

Globo Esporte

mais lidas