Siga nossa Redes

Esportes

Após campanha histórica, Luísa Stefani deixa US Open nas quartas

Redação

Publicado

em

Após campanha histórica, Luísa Stefani deixa US Open nas quartas

Há 38 anos uma brasileira não chegava tão longe em um Grand Slam

A paulista Luísa Stefani se despediu do US Open nesta segunda-feira (7). A dupla formada com a norte-americana Hayley Carter foi batida pela chinesa Xu Yifan e pela também norte-americana Nicole Melichar, parceria cabeça de chave número três do torneio, por 2 sets a 0 (parciais de 6/2 e 6/3) em pouco mais de uma hora de jogo, pelas quartas de final.Após campanha histórica, Luísa Stefani deixa US Open nas quartasApós campanha histórica, Luísa Stefani deixa US Open nas quartas

Apesar da eliminação, a campanha de Luísa nos Estados Unidos foi histórica. Há 38 anos uma brasileira não alcançava as quartas de final de um torneio Grand Slam. Ela repetiu o feito de Patrícia Medrado e Cláudia Monteiro, que chegaram à mesma fase em Wimbledon. Em caso de classificação, a paulista teria sido a primeira jogadora do país, desde a multicampeã Maria Esther Bueno, a alcançar à semifinal de um dos quatro principais torneios do circuito mundial.

A parceria entre a brasileira, 39ª no ranking da Associação de Tênis Feminino (WTA, sigla em inglês), e Carter, 36ª do mundo, havia estreado com vitória por 2 sets a 0 sobre as irmãs ucranianas Nadia e Lyudmyla Kichenok. Na segunda fase, superaram as japonesas Shuko Aoyama e Ena Shibahara, cabeças de chave número seis, também por 2 a 0, classificando-se para pegar Melicher e Yifan.

Em agosto, Luísa se tornou a primeira atleta do país, desde a década de 80, a alcançar um posto entre as 40 melhores do mundo no tênis, com o título do WTA de Lexington, também nos Estados Unidos. O torneio marcou o retorno da parceria entre a paulista e Carter às quadras em meio à pandemia do novo coronavírus (covid-19). As jogadoras atuam juntas desde o ano passado.
.

 

.

 

.

 

Agência Brasil

Publicidade

mais lidas