Siga nossa Redes
xvideos4.pro julia jerez de garcia salinas.
ngentot pagkantot sa magandang kapitbahay.
www.hotdesimovs.com blowjobs and pussy play.

Sem categoria

Pronto-socorro do Hospital do M’Boi Mirim deixa de atender apenas a casos de Covid e abre para os demais pacientes

Publicado

em

Pronto-socorro do Hospital do M’Boi Mirim deixa de atender apenas a casos de Covid e abre para os demais pacientes

Segundo a Prefeitura de São Paulo, hospital volta a operar de portas abertas a partir da 0h desta quarta-feira (3).

O pronto-socorro do Hospital do M’Boi Mirim voltará a atender no sistema portas abertas.

Segundo Prefeitura de São Paulo, após um ano, a unidade deixa de atender somente a casos de Covid-19 partir da 0h desta quarta-feira (3).

A gestão municipal vem analisando os indicadores da doença e liberando leitos para o tratamento de outras comorbidades.

Até o final de agosto, cerca de 730 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da rede municipal eram separados para pessoas com coronavírus, espalhados por 28 hospitais. Já no início de setembro, porém, o atendimento estava concentrado em cinco unidades com 532 leitos.

Com a redução no número de casos de Covid, muita gente que evitava as unidades de saúde voltou a procurar atendimento para tratar outras doenças.

O sistema público ficou sobrecarregado. Em entrevista ao SP1 em outubro, o Conselho Municipal de Saúde afirmou que as UPAs, as AMAs e os outros hospitais estavam ultrapassando o limite de pacientes.

“Virou um efeito cascata. Por exemplo, a UPA do Campo Limpo está abarrotada de pacientes. a UPA do Jardim Vera Cruz, a UPA do Jardim Ângela e a AMA do Capão Redondo, que atende a região. Está um absurdo, Pessoas que moram no Vera Cruz, no extremo da Zona Sul, são obrigadas a vir pra UPA do Campo Limpo, porque o pronto socorro do M’Boi está fechado”, diz Anderson Dimas Lopes, conselheiro municipal de Saúde.

.

.

.

G1

mais lidas