Diário de São Paulo
Siga-nos

Polícia da Dinamarca descobre pista importante sobre suspeito de ataque a tiros em shopping

Imagem Polícia da Dinamarca descobre pista importante sobre suspeito de ataque a tiros em shopping

Publicado em 04/07/2022, às 00h00 - Atualizado às 12h53 Redação


Um homem de 22 abriu fogo em um shopping center em Copenhague, na Dinamarca, neste domingo (3). Três pessoas morreram e quatro ficaram gravemente feridas.

O suspeito foi capturado pela polícia no momento do crime e deve comparecer a um tribunal nesta segunda-feira (4) para responder por acusações de assassinato.

Segundo os investigadores, o atirador, cuja identidade não foi revelada, agiu sozinho e suas vítimas foram escolhidas aleatoriamente. No entanto, as autoridades não classificaram o episódio como um ato terrorista, disse o inspetor-chefe da polícia de Copenhague, Søren Thomassen.

As autoridades também afirmaram que o suspeito tem histórico de problemas de saúde mental.

Entre os mortos, estão dois adolescentes dinamarqueses: um garoto e uma garota, ambos de 17 anos. Além de um turista russo de 47 anos.

Outras quatro pessoas foram baleadas. Entre elas, há dois suecos e dois dinamarqueses que, após o ataque, foram encaminhados ao hospital em estado crítico, mas agora estão estáveis, informou a polícia.

De acordo com informações da emissora dinamarquesa TV2, o suspeito apareceu no local usando um shorts na altura do joelho e colete sem mangas ou camiseta. Ele parecia discreto e estava segurando um objeto na mão direita, semelhante a um rifle.

Testemunhas alegaram que os tiros começaram na área da Praça de Alimentação do shopping. Diante da situação, muitos clientes entraram em pânico e correram em direção às saídas. Nesse momento, o atirador prosseguiu em um ataquealeatório contra as pessoas no local, até ser detido pela polícia, informou a AFP.

Em um comunicado, a primeira-ministra da Dinamarca, Mette Frederiksen, declarou que o país escandinavo sofreu um “ataque cruel”.

“É incompreensível. De partir o coração. Sem sentido. Nossa bela e geralmente tão segura capital foi alterada em uma fração de segundo”.

Compartilhe