Diário de São Paulo
Siga-nos

Cidade de SP tem o mês de julho mais quente desde 1984

Nesta segunda-feira (25), os termômetros registraram máxima de 27,3ºC. Em julho de 2021, o CGE registrou temperaturas negativas na capital, como -2,3ºC, em Engenheiro Marsilac, na Zona Sul da cidade

Cidade de SP tem o mês de julho mais quente desde 1984 - Imagem: Freepik
Cidade de SP tem o mês de julho mais quente desde 1984 - Imagem: Freepik

Publicado em 26/07/2022, às 07h57 G1


O mês de julho de 2022, que costuma ser gelado na cidade de São Paulo, está sendo o mais quente desde 1984, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). Para o mês, a média da temperatura máxima normalmente seria de 23ºC, neste ano, já está em 25,9ºC.
Nesta segunda-feira (25), a máxima na cidade chegou em 27,3ºC, uma temperatura atípica para o mês o período.
Em 2021, no mesmo período, a capital registrou a temperatura mais baixa em uma região da cidade desde 2004, quando o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE) começou a coletar os dados. Em Engenheiro Marsilac, no extremo Sul, os termômetros chegaram a -2,3ºC, em Capela do Socorro, na Zona Sul, a estação meteorológica do CGE marcou -1,3ºC.

Recorde de frio faz famílias de Marsilac perderem plantações e recorrerem a forno a lenha para aquecer casa
Cidade de SP registra menor temperatura dos últimos 5 anos com 4,3ºC nesta sexta
Por que os recordes de frio costumam ser no extremo da Zona Sul de São Paulo?
A cidade também enfrenta tempo seco com o ar cada vez mais poluído. Na tarde desta segunda, várias estações de medição da Companhia Ambiental do Estado de São Paulo(Cetesb) estavam amarelas, indicando a qualidade do ar moderada.
Na terça-feira (26), a previsão é a de que a temperatura mínima durante a manhã seja de 12º com máxima de 27ºC.
Os termômetros devem cair a partir de sexta-feira (29), com a chegada de uma frente fria continental no país. A previsão é que a máxima seja 24ºC e mínima de 15ºC.
Já no sábado a mínima deve ficar em 10ºC com máxima de 18ºC.

Compartilhe