Diário de São Paulo
Siga-nos

Calegari se diz pronto para sequência e admite ter vivido expectativa por Daniel Alves no Fluminense

Além de Luiz Henrique, outro grande destaque do Fluminense na vitória por 2 a 1 sobre o Bragantino foi Calegari. Com a ausência de Samuel Xavier devido a

Calegari se diz pronto para sequência e admite ter vivido expectativa por Daniel Alves no Fluminense
Calegari se diz pronto para sequência e admite ter vivido expectativa por Daniel Alves no Fluminense

Publicado em 29/09/2021, às 00h00 - Atualizado às 11h09 Redação


Lateral aprova atuação em nova chance como titular e elogia dupla com Luiz Henrique na direita

Além de Luiz Henrique, outro grande destaque do Fluminense na vitória por 2 a 1 sobre o Bragantino foi Calegari. Com a ausência de Samuel Xavier devido a dores musculares, o jovem lateral-direito de 19 anos, pedido no time titular por muitos torcedores, voltou a começar uma partida e teve atuação sólida, inclusive sendo eleito para a seleção da rodada em enquete popular do Brasileirão nas redes sociais. Perguntando se acredita que aproveitou a oportunidade, o ala aprovou seu desempenho:

– Gostei da minha atuação e, principalmente, da equipe toda. Acho que fui seguro nas minhas ações defensivas e consegui aparecer na frente para dar suporte ofensivo aos meus companheiros. Acredito que aproveitei bem a oportunidade e vinha trabalhando forte enquanto ela não aparecia – disse Calegari ao ge, elogiando também a dobradinha com Luiz Henrique entrosada desde a base no sub-17:

Calegari foi um dos melhores em campo contra o Bragantino — Foto: Alexandre Neto / Foto do Jogo

Calegari foi um dos melhores em campo contra o Bragantino — Foto: Alexandre Neto / Foto do Jogo

– Não só no sub-17, mas acho que tivemos certo sucesso e certa consistência também na temporada passada. É um jogador com talento enorme e vem sendo muito decisivo para nós. Que ele continue evoluindo para seguir nos ajudando. E se estivermos ali pela direita, que a gente consiga fazer o melhor para ajudar o Fluminense a conquistar as vitórias.

Calegari e Samuel Xavier vêm promovendo uma equilibrada disputa na lateral direita do Fluminense ao longo da temporada. A cria de Xerém começou o ano na equipe principal, mas perdeu a vaga para o reforço que veio do Ceará no fim da fase de grupos da Libertadores, após o até então técnico Roger Machado promover um “pacotão de mudanças” no time. Desde então, o jovem tem sido acionado quando o titular é poupado ou apresenta algum problema muscular.

– Temos uma disputa muito sadia. Sempre respeitamos o momento do outro e sempre conversamos sobre tudo relacionado ao campo e até questões pessoais. Temos uma relação muito boa. Quando ele sentiu dores me preocupei, pois nunca desejamos isso para o nosso companheiro. Mas logo ele está de volta, e o Fluminense só tem a ganhar com isso.

Entrosados: Calegari e Luiz Henrique jogam juntos desde o sub-17 — Foto: Mailson Santana / Fluminense FC

Entrosados: Calegari e Luiz Henrique jogam juntos desde o sub-17 — Foto: Mailson Santana / Fluminense FC

Apesar de ter ido bem nas duas últimas ocasiões em que foi titular, contra Bragantino e São Paulo, não é certo ainda que Calegari começará o próximo jogo, contra o Fortaleza no Maracanã, na quarta-feira da semana que vem (a partida diante do Santos na Vila Belmiro, que seria neste domingo, foi adiada). Será preciso esperar saber se Samuel Xavier estará recuperado das dores na coxa esquerda e a decisão do técnico Marcão. Perguntado se está preparado para assumir a vaga, o jovem não titubeou:

– Sim, venho me preparando muito nos treinos e nesses jogos que estou entrando tenho procurado recuperar meu ritmo de jogo, que acho que é também de extrema importância.

A disputa ente Calegari e Samuel Xavier pela vaga de titular recentemente quase ganhou uma concorrência de peso e que, provavelmente, seria difícil de competir: Daniel Alves. O Fluminense tentou a contratação do vitorioso lateral-direito, mas acabou não chegando a um acordo com o atleta. O jovem admitiu ter vivido a expectativa pela contratação do astro, não só por ele, mas pelo grupo:

“É um jogador com uma bagagem enorme, que com sua experiência poderia ajudar muito os jovens que nosso elenco tem. Mas confio na força do nosso elenco para alcançarmos coisas boas ainda esse ano”.

Multicampeão, Daniel Alves esteve próximo de fechar com o Fluminense — Foto: EFE/Fernando Bizerra

Multicampeão, Daniel Alves esteve próximo de fechar com o Fluminense — Foto: EFE/Fernando Bizerra

“Coisas boas” que atendem por um nome: Libertadores. Após chegar às quartas de final do torneio esse ano, o Fluminense tem a meta de voltar em 2022 e segue à caça da vaga via Brasileirão. Há sete jogos invicto no campeonato, o time ocupa o oitavo lugar na classificação com 32 pontos, só um atrás do G-6, zona de classificação para a Pré-Libertadores, e a três do G-4, que leva direto à fase de grupos.

– É importante demais sempre estar pontuando nesse campeonato difícil que é o Brasileirão. Estar sete partidas pontuando vai nos dando cada vez mais confiança e cada vez mais fortalecendo a identidade da nossa equipe. E sem dúvidas nosso objetivo principal é ir para a Libertadores. Vamos encarar cada jogo como uma final para isso se concretizar ao final da competição.

.

.

.

Globo Esporte

Compartilhe