Diário de São Paulo
Siga-nos

Stranger Things: Noah Schnapp abre o jogo sobre sexualidade de Will

Pela primeira vez ator vai a público para falar sobre orientação sexual de seu personagem na série de sucesso

Artista veio a publico falar sobre sexualidade de Will - Imagem: Instagram @noahschnapp
Artista veio a publico falar sobre sexualidade de Will - Imagem: Instagram @noahschnapp

Publicado em 15/07/2022, às 12h11 João Perossi


Em entrevista para a Variety nesta quinta-feira (14) o ator Noah Schnapp, responsável pelo inesquecível Will de Stranger Things, abriu o jogo sobre a sexualidade do personagem. 

Os fãs da série perceberam que provavelmente Will é um personagem homossexual nesta quarta temporada, em que ele divide um dos núcleos de personagem com Mike (Finn Wolfhard), por quem nutre uma possível paixão.

Já no primeiro episódio o personagem aparece carregando um cartaz sobre Alan Turing, inventor do primeiro computador, que sofreu muito por ser homossexual na Inglaterra pós Segunda Guerra Mundial.

"Se tornou uma coisa muito óbvia. Está 100% claro que ele é gay e ama o Mike", o astro afirmou.

Outros indícios já haviam sendo plantados desde a primeira temporada, segundo o autor:

"Nesta temporada, está bem claro que Will sente algo a mais por Mike. Eles têm intencionalmente dado dicas sobre a sexualidade de Will nas últimas temporadas. Mesmo na primeira temporada, já haviam sugerido isso e, lentamente, esse enredo foi crescendo. Acho que, na quarta temporada, eu apenas interpreto esse personagem que ama seu melhor amigo mas não sabe se será aceito ou não, e se sente um erro, como se não pertencesse ali", afirmou Schnapp.

Noah também dividiu opiniões ao falar sobre o personagem de Finn. Para ele o personagem Mike não tem sido um bom amigo, e acaba perdido em seus próprios problemas, ao invés de perceber a dificuldade de aceitação que Will enfrenta. 

Depois de perguntado sobre, o ator também comentou sobre a icônica cena do carro, em que Will confessa de maneira velada seus sentimentos por Mike: 

"Levou o dia inteiro para gravar. Começamos de manhã e fomos direto até horas depois do almoço. Me lembro que, quando estava fazendo a cena, eu estava chorando muito, dando tudo de mim o dia inteiro. E quando eu vi na tela, foi bem mais sutil. Gostei de como eles editaram o momento".

Noah Schnapp também falou sobre a relação de Will com o irmão Jonathan:

"É muito importante que as pessoas vejam que Will não está sozinho - porque tudo o que vemos é ele lutando e se sentindo deprimido e como se não pudesse ser ele mesmo. Jonathan esta falando em código com ele, é a maneira perfeita de dizer a alguém como Will que você se importa com ele e que o aceita de qualquer maneira".

Noah comentou também sobre a polêmica envolvendo a cantora Doja Cat durante a entrevista. Confira na íntegra, em inglês, aqui.

Compartilhe