Diário de São Paulo
Siga-nos
Dinheiro garantido

Auxílio caminhoneiro: Governo anuncia liberação de R$ 2 mil a partir de agosto; veja calendário

Todos os caminhoneiros autônomos, cadastrados, terão direito ao benefício

O Benefício Emergencial aos caminhoneiros autônomos foi criado pelo governo e aprovado pelo Congresso Nacional dentro da chamada PEC Eleitoral - Imagem: Freepik
O Benefício Emergencial aos caminhoneiros autônomos foi criado pelo governo e aprovado pelo Congresso Nacional dentro da chamada PEC Eleitoral - Imagem: Freepik

Publicado em 25/07/2022, às 15h44 Jair Viana


O governo federal começa a pagar o auxílio para caminhoneiros, no valor e R$ 1 mil a partir do dia 9 de agosto. Pelo cronograma, os profissionais terão direito a seis parcelas até dezembro.

No primeiro pagamento, segundo o governo, o caminhoneiro receberá  R$ 2 mil, referentes a duas parcelas antecipadas.

Para receber o benefício, o caminhoneiro deve ser transportador de carga autônomo, cadastrados no Registro Nacional de Transportadores Rodoviários de Cargas (RNTR-C) até 31 de maio deste ano. Outra exigência é que os profissionais estejam com a Carteira Nacional de Habilitação(CNH) e o CPF válidos.

O pagamento dos próximos lotes aos caminhoneiros será feito obedecendo lista dos transportadores autônomos de cargas que estiverem com "cadastro ativo" no RNTR-C.

A lista será enviada mensalmente pela Agência Nacional de Transporte Terrestre (ANTT)  ao Ministério do Trabalho e Previdência, que é o gestor do auxílio.  

Em agosto, os caminhoneiros que tiverem seus dados repassados até a última sexta-feira (22), vão receber. Já os que tiverem os dados enviados de agora até o dia 11 de setembro, o pagamento será feito no dia 24 de setembro.

Para os motoristas que tiverem o cadastro enviado pela ANTT até 9 de outubro, o pagamento será feito em 22 do mesmo mês. Se o envio acontecer até 13 de novembro, a inclusão será no pagamento de 26 de novembro. O último prazo para o envio dos cadastros será o dia 4 de dezembro. Neste caso, o pagamento será feito em 17 de dezembro.

O Benefício Emergencial aos caminhoneiros autônomos foi criado pelo governo e aprovado pelo Congresso Nacional dentro da chamada PEC Eleitoral. O objetivo foi conceder benefícios assistenciais a três meses das eleições. 

Compartilhe