Diário de São Paulo
Siga-nos
Nova lei

Bolsonaro sanciona novo piso salarial para profissionais da saúde; veja valor e quando entra em vigor

A sanção prevê valor mínimo para enfermeiros e serve de referência para outras carreiras

Novo piso salarial foi sancionado para os profissionais da saúde - Imagem: reprodução Freepik
Novo piso salarial foi sancionado para os profissionais da saúde - Imagem: reprodução Freepik

Publicado em 04/08/2022, às 18h26 Vitória Tedeschi


O presidente Jair Bolsonaro (PL) sancionou nesta quinta-feira (4) a lei que fixa pisos salariaispara enfermeiros, técnicos de enfermagem, auxiliares de enfermagem e parteiras em todo o país.

O texto do projeto, aprovado pela Câmara e pelo Senado, com ampla maioria (449 votos a 12), fixou em R$ 4.750 o piso nacional de enfermeiros,valor que serve de referência para o cálculo do mínimo salarial de técnicos de enfermagem (70%), auxiliares de enfermagem (50%) e parteiras (50%).

O piso salarial entrará em vigor imediatamente após a publicação no Diário Oficial da União, sendo assegurada a manutenção das remunerações e salários vigentes superiores ao piso. 

Em entrevista ao Diário de S. Paulo, Joice Santos, diretora do Sindicato de Saúde de Campinas e região,afirma que a sanção é uma "grande vitória". 

"Vamos ver como que isso vai se suceder agora. Quando vai ser implantado e tudo que ainda vai ter pra resolver. Mas o mais importante é que ele realmente sancionou", afirmou a técnica de enfermagem.

Veja valores:

  • Enfermeiros: R$ 4.750
  • Técnicos de enfermagem: R$ 3.325
  • Auxiliares de enfermagem: R$ 2.375
  • Parteiras: R$ 2.375

O texto aprovado pelo Congresso determina que os pisos serão atualizados anualmente com base na inflação calculada pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC).

Compartilhe