Diário de São Paulo
Siga-nos
Auxílio Brasil

AUXÍLIO BRASIL: governo define novas regras; confira

A portaria do Ministério da Cidadania definiu um acréscimo e novo vale

As famílias receberão o bônus nos meses de agosto, outubro e dezembro - Imagem: reprodução Freepik
As famílias receberão o bônus nos meses de agosto, outubro e dezembro - Imagem: reprodução Freepik

Publicado em 20/07/2022, às 19h14 Vitória Tedeschi


O Ministério da Cidadania publicou em edição desta quarta-feira (20) do Diário Oficial da União a Portaria nº 797que disciplina os procedimentos de pagamento do acréscimo de R$ 200 mensal concedido às famílias do Auxílio Brasil e da parcela adicional aos beneficiários do Programa Auxílio Gás dos Brasileiros.

O benefício complementar de R$ 200 do Auxílio Brasil será pago de agosto a dezembro. Com o bônus, o valor passa de R$ 400 para R$ 600 e os beneficiários receberão o recurso pelos mesmos meios já utilizados em pagamentos anteriores: saque por meio do cartão Auxílio Brasil, em lotéricas, ou por transferência no aplicativo Caixa Tem.

De acordo com a portaria, o acréscimo não se aplica a eventuais parcelas retroativas.

Veja publicação completa:

portaria-mc-797

O valor adicional do programa Auxílio Gás é de R$ 52, e se soma aos outros R$ 52 já disponibilizados pelo governo desde o início do ano. O montante corresponde a 50% da média do preço nacional de referência do botijão de 13kg de Gás Liquefeito de Petróleo (GLP), estabelecido pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), nos seis últimos meses.

Os pagamentos são feitos de acordo com o calendário do antigo Bolsa Família, divido pelo final do Número de Identificação Social (NIS), e liberados a partir dos últimos 10 dias úteis de cada mês.

Compartilhe