Diário de São Paulo
Siga-nos

Casos de dengue caem de 940 para 15 em um ano

No ano passado, Estrela D'Oeste (SP) ficou em segundo lugar em uma lista do Ministério da Saúde de municípios que registraram, proporcionalmente, mais casos

Casos de dengue caem de 940 para 15 em um ano
Casos de dengue caem de 940 para 15 em um ano

Redação Publicado em 07/11/2016, às 00h00 - Atualizado às 15h34


Casos de dengue caem de 940 para 15 em um ano em Estrela D’Oeste

Cidade ficou em 2º lugar na lista de mais casos da doença no país em 2015.
Um a cada nove moradores teve a doença no ano passado.

No ano passado, Estrela D’Oeste (SP) ficou em segundo lugar em uma lista do Ministério da Saúde de municípios que registraram, proporcionalmente, mais casos de dengue. Mas agora esse ano a história está bem diferente.

No ano passado, quase mil pessoas tiveram a doença na cidade, que tem pouco mais 8.400.  Um a cada nove moradores teve a doença. No ano passado 940 casos de dengue foram registrados, neste ano,  até agora, 15 pessoas ficaram doentes.

A secretária de Saúde Eliana Ralho Garuzi diz, que apesar da queda, continua trabalhando para combater o mosquito. “O município tem quatro agentes de endemia, e foram contratados 16 agentes de saúde, que além de orientação, vai de casa em casa procurando criadouros”, afirma a secretária.

Quem não ajuda por bem, paga o preço de ter criadouros em casa. O valor da multa se for encontrado focos do mosquito Aedes aegypti começa em R$ 198, varia de acordo com a quantidade de criadouros e, pode chegar até R$ 500. Neste ano, 18 moradores já foram multados.

O quintal da dona de casa Fátima Zamboni passou no teste da agente de controle da dengue. A dona da casa diz que sempre manteve tudo limpo, mas a preocupação aumentou depois que o filho teve dengue. “Ele passou mal e precisou parar de trabalhar, ficou internado dois dias. As pessoas têm de tomar consciência e não acumular lixo”, diz Fátima.

Compartilhe  

últimas notícias