Diário de São Paulo
Siga-nos

Bens de Ronaldinho Gaúcho serão penhorados pela Justiça; veja o motivo

Processo corre desde 2019 e não cabe mais recurso. "É pagar ou pagar", diz advogado da parte contrária

Bens de Ronaldinho Gaúcho serão penhorados pela Justiça - Imagem: Reprodução | Instagram
Bens de Ronaldinho Gaúcho serão penhorados pela Justiça - Imagem: Reprodução | Instagram

Publicado em 30/07/2022, às 10h29 Marina Roveda


O ex-jogador Ronaldinho Gaúcho terá parte dos bens penhorados e as contas bancárias bloqueadas pela justiça por causa de um atraso no pagamento da pensão da ex-noiva Priscilla Coelho. Com o valor inicial de R$ 100 mil por mês, o processo corre desde 2019 e não cabe mais recurso. Atualmente, a dívida se encontra na casa dos milhões por causa do juros e correção monetária.

O ex-craque tinha até o último dia 28 de junho para realizar o pagamento e cumprir a sentença ordenada pela Justiça. Contudo, o jogador aposentado não o fez, causando a penhora de uma parte dos seus bens.

Segundo o processo, Priscilla alega ter sido noiva de Ronaldinho por seis anos e, após o termino, moveu o processo de pensão provisória em 2019 na 1ª Vara de Família do Rio de Janeiro. O advogado da ex-noiva comentou que não tinha mais o que ser feito por Ronaldinho:  "Agora é pagar ou pagar".

Em novembro de 2019, oficiais de justiça do Rio de Janeiro fizeram buscas por Ronaldinho Gaúcho, mas não obtiveram sucesso.

Compartilhe