Diário de São Paulo
Siga-nos
Proibido!

Uso de canudinho de plástico está proibido em São Paulo; multa pode chegar a R$ 8 mil

Com o objetivo de contribuir com o Meio Ambiente, a Lei municipal de 2019 proíbe o uso dos canudinhos tradicionais em qualquer estabelecimento comercial

Os canudos de plástico devem ser substituídos por canudos de material biodegradável ou comestível - Imagem: Freepik
Os canudos de plástico devem ser substituídos por canudos de material biodegradável ou comestível - Imagem: Freepik

Publicado em 15/07/2022, às 20h20 Jair Viana


O uso dos famosos canudinhos de plástico para o consumo de sucos e refrigerantes está proibido no município de São Paulo desde o último 09, em bares, lanchonetes, restaurantes, hotéis, padarias e outros estabelecimento do gênero.

A decisão da Prefeitura foi publicada no Diário Oficial da Cidade por meio do Decreto nº 61.558, que regulamentou a Lei nº 17.123, de 25 de junho de 2019. Agora, os canudos de plástico devem ser substituídos por canudos de material biodegradável ou comestível.

Segundo a Prefeitura, o descumprimento das regras pode gerar notificação de advertência e multas que começam em R$1 mil indo até R$8 mil. Em casos de insistência na desobediência, o estabelecimento pode ser até lacrado.

Compartilhe