Siga nossa Redes
xvideos4.pro julia jerez de garcia salinas.
ngentot pagkantot sa magandang kapitbahay.
www.hotdesimovs.com blowjobs and pussy play.

Esportes

WSL: Medina busca o tri no Surf Ranch, com Italo e Filipe na cola

Publicado

em

WSL: Medina busca o tri no Surf Ranch, com Italo e Filipe na cola

A pouco mais de 1 mês das Olimpíadas de Tóquio, Tatiana Weston-Webb busca a recuperação na piscina de ondas de Kelly Slater após eliminação precoce na Austrália

Começa nesta sexta-feira, às 12h08, na piscina de ondas de Lemoore (EUA), a última etapa da Liga Mundial (WSL) antes da estreia do surfe nas Olimpíadas. Classificado para os Jogos de Tóquio e imbatível no Surf Ranch, Gabriel Medina chega embalado para defender o título da única etapa do tour disputada fora do mar e a liderança do circuito após a vitória em Rottnest Island.

Atual número 2 do mundo e também classificado para o Japão, Italo Ferreira terá que se superar na piscina de ondas para conseguir parar Medina. O campeão mundial de 2019 soma um 9º e um 13º nas duas edições já realizadas até hoje em Lemoore. Já Filipe Toledo chega mais uma vez como grande ameaça ao tricampeonato de Gabriel, sendo o vice-campeão nas edições anteriores.

– No momento, nosso foco está 100% neste evento, que é o mais exclusivo de todas as paradas de tour. Assim que terminar, voltaremos para casa por algumas semanas, onde podemos começar a praticar e treinar exclusivamente para os Jogos Olímpicos – explicou Medina, que terá um mês para se preparar para as Olimpíadas, que começam no dia 23 de julho.

No feminino, Tatiana Weston-Webb chega na 3ª posição no ranking após perder de cara em Rottnest Island. A única brasileira do Tour feminino, e que também está classificada para as Olimpíadas, terá que superar seus desempenhos anteriores na piscina (5º e 9º) para bater de frente com a líder da temporada, a havaiana Carissa Moore, que venceu o Surf Ranch em 2018 e ficou em 3º em 2019.

Outros brasileiros – Yago Dora (10º do ranking), Caio Ibelli (14º), Miguel Pupo (15º), Adriano de Souza (18º), Jadson André (22º), Deivid Silva (23º), Peterson Crisanto (25º) e Alex Ribeiro (34º) – também estarão em ação em Lemoore, sendo a grande novidade o campeão mundial júnior Lucas Vicente, de 19 anos, que entra como convidado.

Gabriel Medina vence a etapa de Rottnest Island e se isola na liderança

Gabriel Medina vence a etapa de Rottnest Island e se isola na liderança

Confira os 5 primeiros do ranking após 5 etapas:

 

MASCULINO

1 – Gabriel Medina (BRA) – 38.920 pontos
2 – Italo Ferreira (BRA) – 30.235
3 – Jordy Smith (AFS) – 22.505
4 – Filipe Toledo (BRA) – 22.065
5 – Morgan Cibilic (AUS) – 21.290

FEMININO

1 – Carissa Moore (EUA) – 36.055 pontos
2 – Sally Fitzgibbons (AUS) – 28.185
3 – Tatiana Weston-Webb (BRA) – 27.540
4 – Tyler Wright (AUS) – 26.050
5 – Stephanie Gilmore (AUS) – 24.645
5 – Johanne Defay (FRA) – 24.645

Muitas baixas, e Slater de volta

Longe das competições desde a primeira etapa, disputada em Pipeline, no Havaí, o 11 vezes campeão mundial Kelly Slater volta a competir após abrir mão dos 4 eventos da perna australiana para se recuperar de uma série de lesões (quadril e tornozelo).

Aos 49 anos, o idealizador e dono do Surf Ranch também vive a expectativa de participar das Olimpíadas de Tóquio. O americano é o reserva imediato dos lesionados John John Florence e Kolohe Andino, que ainda se recuperam de lesões e estão fora da disputa em Lemoore.

Outra grande baixa na piscina será a do número 3 do mundo, Jordy Smith (AFS), que se recupera de uma cirurgia no joelho e também é dúvida para Tóquio.

Kelly Slater treina no Surf Ranch — Foto: WSL / Morris

Kelly Slater treina no Surf Ranch — Foto: WSL / Morris

Briga no top-5 para a WSL Finals

Com tantas baixas, a briga pelas 5 vagas na WSL Finals, que definirá o campeão mundial de 2021 em setembro, em Trestles (EUA), entra em sua reta final com os surfistas tendo apenas 3 etapas para buscar mais pontos.

Com Medina e Italo bem à frente no ranking masculino, já rompendo a casa dos 30 mil pontos, Filipe Toledo (22.065) e o australiano Morgan Cibilic (21.290) terão a chance de ultrapassar Jordy Smith na 3ª posição. Os americanos Conner Coffin (18.885) e Griffin Colapinto (18.150) e o japonês Kanoa Igarashi (17.460) correm por fora pela quinta vaga, com o australiano Ryan Callinan (15.470) e o brasileiro Yago Dora (15.470) também com chances de entrar para o seleto grupo.

Já no feminino Carissa abriu uma boa vantagem, enquanto as 5 surfistas que vem logo abaixo estão separadas por menos de 4.000 pontos. Vale destacar que ainda estão em jogo 30.000 pontos.

Formato da primeira fase no Surf Ranch

Na primeira fase do qualificatório, os 36 surfistas (24 no feminino) são divididos em 6 baterias com 6 atletas (3 baterias com 6 no feminino). Cada competidor terá quatro ondas (2 direitas e 2 esquerdas) para conseguir a maior pontuação possível na soma da melhor direita com a melhor esquerda. Os dois melhores de cada bateria seguem na disputa, assim como os outros 12 surfistas (6 no feminino) que totalizarem mais pontos no geral. Já os 12 piores são eliminados da competição.

Na segunda fase do qualificatório, os 24 classificados (12 no feminino) terão mais uma direita e uma esquerda para tentar melhorar o somatório conquistado na fase anterior. Apenas os 8 melhores (4 no feminino) avançam para a semifinal.

Com as pontuações zeradas, os 8 surfistas (4 no feminino) terão mais quatro ondas (2 direitas e 2 esquerdas) para conseguir a maior pontuação possível na soma da melhor direita com a melhor esquerda e lutarem por duas vagas na grande final.

Na decisão, o placar é novamente zerado, e os 2 finalistas terão quatro ondas (2 direitas e 2 esquerdas) para ver quem vai conseguir a maior pontuação na soma da melhor direita com a melhor esquerda.

Confira a ordem de apresentação da primeira fase nesta sexta:

 

MASCULINO

1- Nat Young (EUA), Connor O´Leary (AUS), Ethan Ewing (AUS), Miguel Pupo (BRA), Kanoa Igarashi (JPN) e Griffin Colapinto (EUA) – início às 12h08
2 – Michael Dunphy (EUA), Kelly Slater (EUA), Deivid Silva (BRA), Matthew McGillivray (AFR), Ryan Callinan (AUS) e Conner Coffin (EUA) – início às 13h44
3 – Patrick Gudauskas (EUA), Mikey Wright (AUS), Owen Wright (AUS), Adriano de Souza (BRA), Yago Dora (BRA) e Morgan Cibilic (AUS) – início às 16h12
4 – Eli Hanneman (HAV), Liam O´Brien (AUS), Peterson Crisanto (BRA), Leonardo Fioravanti (ITA), Frederico Morais (PRT) e Filipe Toledo (BRA) – início às 17h48

FEMININO

1 – Tatiana Weston-Webb (BRA), Alyssa Spencer (EUA), Brisa Hennessy (CRI), Malia Manuel (HAV), Isabella Nichols (AUS) e Stephanie Gilmore (AUS) – início às 20h16

Confira a ordem de apresentação da primeira fase no sábado:

 

MASCULINO

5 – Lucas Vicente (BRA), Alex Ribeiro (BRA), Wade Carmichael (AUS), Jack Robinson (AUS), Caio Ibelli (BRA) e Italo Ferreira (BRA) – início às 12h08
6 – Jabe Swierkocki (EUA), Adrian Buchan (AUS), Jack Freestone (AUS), Jadson André (BRA), Seth Moniz (HAV) e Gabriel Medina (BRA) – início às 13h44

FEMININO

2 – Coco Ho (HAV), Amuro Tsuzuki (JPN), Nikki Van Dijk (AUS), Courtney Conlogue (EUA), Johanne Defay (FRA) e Sally Fitzgibbons (AUS) – início às 16h12
3 – Caitlin Simmers (EUA), Kirra Pinkerton (EUA), Sage Erickson (EUA), Keely Andrew (AUS), Caroline Marks (EUA) e Carissa Moore (HAV) – início às 17h48

.

.

.

Fontes: Ge – Globo Esporte.

mais lidas